Notícias

«Job Shop» apoia alunos de Direito

Durante tês dias os estudantes de Direito da Católica poderão contactar de perto com a realidade laboral associada à sua área de formação
20.11.2008


  PARTILHAR



Cátia Mateus
Arranca a 24 de Novembro a edição 2008 do ‘Job Shop' da Católica, sob o lema ‘Um mundo de Oportunidades'. A primeira edição deste certame foi em 2003 e desde então o evento não parou de crescer. São cada vez mais os visitantes e as empresas associadas. Na edição deste ano, os futuros advogados vão poder ter «in locco» um primeiro contacto com os processos de recrutamento podendo até sair de lá com um emprego.

Numa altura em que se fala do excesso de alunos em alguns cursos, sendo o de Direito um deles, Luís Fábrica, professor da Universidade Católica, não hesita em referir que para o mercado os jovens juristas de qualidade nunca são de mais. O docente assegura que “continua a haver uma busca intensa de bons profissionais” e acrescenta que a prová-lo está o sucesso do ‘Job Shop' que tem cada vez mais procura.

Em matéria de perfil, Luís Fábrica esclarece que “o que as sociedades de advogados e os demais empregadores preferem são advogados oriundos de escolas prestigiadas, com cursos adaptados às exigências actuais, que demonstrem bons conhecimentos de línguas estrangeiras, capacidade de trabalho em equipa e talento para aplicar na prática os conhecimentos adquiridos”.

Um perfil poderia servir de mote ao arranque da edição 2008 deste evento já que lá estarão representados, por um lado, a nata dos empregadores nesta área e, por outro, os jovens estudantes ávidos de uma oportunidade no competitivo mundo do Direito. Para dar resposta a esta procura cada vez maior­, de ambas as partes, o modelo do ‘Job Shop' surge este ano renovado estreitando ainda mais o contacto dos alunos com o mercado de trabalho. A organização agregou ao conjunto de mesas redondas e «workshops» — que permitem aos alunos debater com personalidades de referência da advocacia e do mundo empresarial os desafios e exigências que o futuro profissional lhes reserva — o ‘Recruiting Lounge'. “Trata-se de um espaço em que os representantes das entidades participantes estarão disponíveis para esclarecer as questões que os alunos queiram colocar”, esclarece Luís Fábrica.

Cardigos & Associados, KPMG, Price WaterhouseCoopers, Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados, Deloitte, Abreu Advogados, Simmons & Simmons, Rebelo de Sousa e Associados, ou BNP Paribas Securities Services são algumas das cerca de 30 entidades que aderiram a esta iniciativa. Empresas que segundo Luís Fábrica, “são recrutadores activos, ou seja, vão sair da Católica com convites feitos a alunos para que se juntem às suas empresas, em alguns casos antes mesmo destes concluírem os seus estudos”.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT ANALYST

Michael Page Portugal

COMPRADOR - INDIRECTOS

Michael Page Portugal

CONSULTOR DE INCENTIVOS FINANCEIROS

Michael Page Portugal