Notícias

Nova SBE vai treinar bons negociadores

Nova SBE vai treinar bons negociadores

A escola de gestão e negócios da Universidade Nova, liderada por Daniel Traça (na foto), vai iniciar em janeiro de 2017 um curso de formação executiva que visa melhorar as competências de negociação dos profissionais portugueses. E não, não é só para gestores de topo. 

10.12.2016 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR
LinkedIn Twitter Facebook Google+



Foi pensado para quem quer “fechar melhores negócios” e faz parte do leque de cursos de formação executiva da Nova SBE. A escola de gestão vai iniciar em janeiro do próximo ano, de 24 a 26, o curso de formação executiva Advanced Negotiation Program. O objetivo é, em três dias e 24 horas de formação, treinar melhores negociadores.

São três dias intensivos de formação em que os participantes estarão envolvidos num leque alargado de negociações face-a-face, enquanto uma sofisticada ferramenta de simulação avalia os diferentes acordos e o seu impacto nos vários aspetos de uma relação empresarial, incluindo em negociações futuras. É esta a base da proposta formativa do Advanced Negotiation Program da Nova SBE.

O curso foi pensado para um público-alvo composto por “diretores gerais e de primeira linha, gestores de compras, consultores, advogados, gestores de recursos humanos, empreendedores e outros profissionais envolvidos em processos de negociação, fusões, aquisições, joint ventures e concursos públicos”, faz saber a escola na apresentação do curso.

Segundo Luís Almeida Costa, professor da Nova SBE, “os participantes do programa representam um vasto leque de funções e são tipicamente oriundos de indústrias dinâmicas, em mutação constante, onde uma boa capacidade negocial pode fazer toda a diferença”. Assim, o grande objetivo desta formação executiva é, com recurso a um menu de experiências negociais, levar executivos e negociadores a testar e desenvolver a sua intuição em processos negociais, “beneficiando de sistemas computacionais de apoio à decisão, de inputs conceptuais e analíticos e de insights de especialistas em negociação”, realça.

O programa desenvolve, numa perspetiva estruturada e integrada, o processo de preparação de uma negociação. Partindo de negociações muito simples e caminhando, gradualmente, para negociações mais complexas, o curso preparará os seus participantes para lidar com diferentes tipos de processos negociais. Entre os conteúdos a abordar no programa estão, por exemplo, questões como abordar uma negociação, quem deve dar o primeiro passo, como reagir dependendo das circunstâncias especificas com somos confrontados e da forma como a outra parte aborda a negociação, como gerir o padrão de concessões, entre muitos outros aspetos.

Para o docente, “se abordarmos uma negociação corretamente, seremos capazes de utilizar as diferenças negociais não como um obstáculo ao acordo, mas como a fonte do potencial de ganho múltiplo”. É para isso que o curso que preparar os seus formandos, para gerir e liderar processos de negociação mais eficazes e capazes.



OUTRAS NOTÍCIAS
Uniplaces prepara 90 contratações

Uniplaces prepara 90 contratações


Tem 32 anos, oito de carreira e no currículo cargos como a direção de Recursos Humanos da Grupon, em São Paulo (Brasil), ou o Minsitério dos Negócios Estra...

Siemens recruta 109 para hub de TI

Siemens recruta 109 para hub de TI


A tecnológica Siemens anunciou a contratação de 109 novos colaboradores para reforçar o Lisbon HUB de Tecnologias de Informação, que a empresa detém...

Jerónimo Martins recruta 20 futuros líderes

Jerónimo Martins recruta 20 futuros líderes


“Este é um programa de primeiro emprego, não de estágio”. É desta forma que Wojciech Zytkowiak, head of Talent Programmes & Employer Branding da Jer&oacu...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO




ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT

Michael Page Portugal

BRAND MANAGER - FINANCIAL SERVICES

Spring Professional Portugal