Notícias

Turismo faz disparar emprego

O Verão cria oportunidades de trabalho em certos sectores
07.07.2006


  PARTILHAR



Precisam-se empregados para o sector da hotelaria, restauração, aviação e «merchandising». A chegada do Verão agita sempre o marasmo no mercado de trabalho e cria oportunidades para quem tem experiência (e às vezes nem por isso) em determinadas profissões mais requisitadas nesta altura do ano. Nas empresas de trabalho temporário o volume de pedidos para os sectores associados ao turismo sofre um aumento considerável que chega a exceder os 50%.

«Entre Julho e final de Setembro nota-se um crescimento de pedidos para cozinheiros, empregados de mesa e bar, assim como para os quartos de hotel. Um aumento que está na ordem dos 50 a 60% superior às épocas normais do ano. Este ano chegámos até a receber muitas solicitações para Espanha», realçou Luís Gonzaga Ribeiro, director da Select-Multilabor (esta última mais especializada na área do «retail»).

A tendência repete-se na empresa de trabalho temporário do grupo Egor, a Tutela, que actua essencialmente no sector do turismo. «Embora a regra seja mais a partir do mês de Julho, este ano ocorreu um aumento de actividade ao nível do trabalho temporário logo a partir de Maio», referiu José Quintino, director-executivo da Tutela, acrescentando que o acréscimo de pedido de colaboradores ronda também os 50%.

Para a hotelaria, esta empresa da Egor está a recrutar essencialmente para as funções de recepcionista, bagageiro, empregado de andares e de limpeza, ajudantes de cozinha e empregados de mesa. «Esta procura deve-se não só ao acréscimo de actividade dos hotéis com maiores taxas de ocupação, mas também à substituição de férias e à abertura de novas unidades hoteleiras, o que implicou um aumento da procura de trabalhadores», pormenoriza José Quintino.

Também associado aos maiores fluxos de turismo, os pedidos para o sector da aviação aumentaram cerca de 70%. «As profissões mais procuradas são operadores de rampa, assistentes de ‘check-in' e atendimento ao público. Estes pedidos são efectuados por companhias aéreas, ‘rent-a-car' e aeroportos de Lisboa, Porto, Faro e Funchal», especifica o responsável da Select-Multilabor.

No sector do «merchandising», multiplicam-se as requisições de promotores e repositores — essencialmente para produtos alimentares e bebidas —, para trabalharem nas grandes superfícies comerciais, sobretudo nas zonas de praias. E, tal como no «merchandising», é muito grande a procura de profissionais ligados à distribuição moderna, onde se inclui a rede de lojas, centros comerciais, lojas de bricolage e grandes superfícies, salienta ainda Luís Gonzaga Ribeiro.

Embora menos que na época de Natal, existe um aumento de 30 a 40% de requisições para balconistas, vendedores de lojas, operadores de caixa e funções similares para atender à época de saldos, em Agosto e também para fazer face ao aumento de fluxo de clientes em zonas de férias.

Com menor incidência que as anteriores, mas ainda assim com pedidos-extra para a substituição de férias dos trabalhadores do quadro, o sector da banca e dos seguros tem também recorrido às empresas de trabalho temporário para contratações com a duração de 15 a 25 dias.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

COUNTRY ACCOUNTANT

Spring Professional Portugal