Notícias

TI recrutam mais 10% em 2011

O mercado das tecnologias de informação apresenta sinais de dinamismo, apesar da conjuntura, e deverá criar novos postos de trabalho este ano e no próximo.
20.01.2011 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Chama-se InnovCenter e é a aposta da Mota Engil Engenharia e Construção para fomentar a inovação e participação dos seus colaboradores no rumo estratégico da empresa. Com o recurso ao InnovCenter, a empresa dá voz ao potencial dos seus quadros espalhados por uma vasta área geográfica à luz do princípio “há ideias que fazem toda a diferença”. O projeto já conduziu à apresentação de 100 ideias, 40 estão em fase de desenvolvimento e aplicação na empresa. O Nielsen Norman Group, distinguiu esta semana a nova plataforma como uma das melhores intranets para 2011.

O cenário económico não é dos mais favoráveis e o seu impacto no mercado de trabalho é claro. Mas apesar disso o panorama em 2011 pode ser animador para quem trabalha na área das tecnologias de informação (TI). Segundo um estudo realizado pela IDC, para a Tech Data, “60% das empresas de TI referem que o seu volume de negócios vai crescer no próximo ano”. Uma dinâmica que implicará um reforço dos recursos humanos a trabalhar na área.

O mercado das TI vai assistir a novas contratações. A Tech Data, uma das principais empresas em Portugal no fornecimento de produtos de Tecnologias de Informação, encomendou à IDC um estudo sobre as perspetivas para o setor em 2011 e as conclusões não podiam ser mais animadoras para quem procura emprego nesta área: “apesar do atual clima económico instável e incerto, até 2012, haverá um crescimento acumulado de cerca de 10% da procura de recursos humanos em TI”.

Na verdade, este investimento em novas contratações não mais é do que o resultado de uma expansão que é esperada para o segmento das tecnologias em Portugal. O mesmo estudo revela que até 2012, o número de utilizadores móveis deverá crescer três vezes, sendo também de esperar que o número de servidores (físicos e virtuais) alcance um crescimento de 100%, verificando-se paralelamente um aumento da complexidade de gestão e virtualização.

Dados que refletem a necessidade cada vez maior das organizações aumentarem e reforçarem os seus níveis de segurança, privacidade, pesquisa e armazenamento de informação. Tudo porque, “além dos indicadores acima referidos, estima-se que o número de interações entre pessoas e dispositivos na rede irá crescer 8,4 vezes, devido ao aumento das mensagens de texto, mensagens instantâneas e emails”, adianta o estudo.

Paulí Amat, country manager da Tech Data em Portugal e Espanha, refere que “apesar das diversas incertezas económicas que vivemos atualmente, perspetivamos que o mercado TI cresça a um bom ritmo nos próximos tempos”. Para quem procura emprego neste setor, é bom saber que até 2012, e à luz dos resultados deste estudo, há áreas que deverão conhecer uma forte expansão e gerarão oportunidades: cloud computing, gestão de segurança, mobilidade, social media, LBS, smartphones e tablets , informação analítica, outsourcing de TI e de processos de negócio, virtualização e motores de pesquisa e deteção.

Com perspetivas de negócio favoráveis para este ano e o próximo, as maioria (60%) das empresas inquiridas ligadas ao setor das TIC estimam que os seus volumes de negócios possam crescer já este ano. Apenas 10% não acompanham esta visão otimista do mercado e apontam para reduções em 2001.


OUTRAS NOTÍCIAS
Licenciados sem trabalho

Licenciados sem trabalho


Ser detentor de uma licenciatura há muito que deixou de ser garantia de empregabilidade. As estatísticas já o comprovavam antes e agora voltam a reforça esta teoria. De aco...

O melhor do franchising nacional

O melhor do franchising nacional


Está de volta mais uma edição dos Prémios de Franchising. Pela quinta vez, o Instituto de Informação em Franchising (IIF) distingue o melhor do franchising e...

Construção perdeu 190 mil trabalhadores

Construção perdeu 190 mil trabalhadores


O setor da construção em Portugal vive dias difíceis. De acordo com dados da Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públ...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


COMERCIAL - CONSTRUÇÃO CIVIL - ZONA NORTE

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal