Notícias

Startup 100% nacional quer incubar talentos

Startup 100% nacional quer incubar talentos

Ajudar os portugueses a encontrar um emprego ou valorizar a sua carreira é a grande missão da IDEAhub, uma plataforma de incubação de talento que esta semana se estreou no universo virtual. A ideia é 100% portuguesa, resulta da imaginação de três jovens empreendedores, oriundos de áreas tão diversas como a Gestão, a Psicologia ou a Comunicação Digital, e quer logo no primeiro ano de atividade faturar 1,2 milhões de euros.

02.05.2014 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Chama-se IDEIAhub - Instituto para o Desenvolvimento de Empresas, Individuos e Ambições e resulta, exatamente, da ambição de João Carlos Simões, Sónia Freches e Paulo Tavares e da sua vontade de criar uma plataforma capaz de ajudar os portugueses a melhorar a sua carreira e empregabilidade. Esta startup nacional, criada excluisivamente com capitais portugueses, entrou no mercado esta semana com uma proposta de valor que já atraiu para o projeto três parceiros internacionais de peso: potenciar e valorizar o capital humano nacional num ambiente de incubação de talentos. Para o primeiro ano de atividade a equipa tem metas ambiciosas. Os mentores do projeto perspetivam um volume de faturação na ordem dos 1,2 milhões de euros ainda este ano e acreditam que em velocidade de cruzeiro, conseguirão alcançar os três milhões de euros.

“No contexto do mercado de trabalho nacional, o que propomos é uma abordagem inovadora, através da potenciação do talento individual de cada profissional. A nossa estratégia personalizada permite uma melhor integração no universo profissional”, esclarece João Simões, um dos fundadores e CEO do IDEIAhub. O projeto nasceu em 2013 quando os três empreendedores identificaram no mercado a lacuna da “inexistência de uma oferta integrada de serviços para a valorização do capital humano, que permitisse aos individuos e empresas, de uma forma eficiente e acessível, identificar e potenciar o seu talento”, relembra o CEO.

Desde a conceção inicial, o projeto sofreu algumas mutações e só agora o IDEIAhub entra se lançou no mercado, assumindo a sua ambição de ser reconhecida como “a primeira incubadora de talento nacional”. O IDEIAhub pretende, segundo o fundador, “potenciar e agregar talento”. Nesse sentido, “a startup fornece aos indivíduos e empresas soluções e serviços adequados às suas necessidades de formação, valorização pessoal e profissional”. O objetivo final do projeto é permitir que indivíduos e empresas adquiram ou aprofundem competências que lhes permitam um ganho considerável de visibilidade e valor no mercado, nomeadamente, através de um mix de serviços de congregam formação, coaching e mentoring, inspiração (ao fomentar o pensamento criativo e a partilha de ideias) e networking (ver caixa).

O projeto IDEIAhub congrega duas valências distintas: o Work, um espaço de escritório partilhado, no Parque das Nações, em Lisboa, pensado para dar vida às ideias e talentos nacionais e uma paltaforma virtual, em www.ideiahub.pt. A plataforma entrou oficialmente em funcionamento a 30 de abril e para João Simões o feedback é muito positivo e visível também no Facebook, onde a página alcançou mais de mil seguidores, em escassos dias. A equipa quer até 2015 superar 50 mil hubbers na sua comunidade virtual e conta para isso com aquela que João Simões elenca como uma das principais vantagens do projeto: “disponibilizar uma plataforma física e virtual para todos os hubbers, tanto nacionais como internacionais, promovendo a geração de novas ideias, através da agregação de pessoas com interesses comuns, num ambiente de partilha e colaboração, favorecendo ainda ligação a potenciais financiadores”, conclui.

Como funciona o hub
Potenciar o talento individual de cada hubber (profissional registado na plataforma) é o objetivo-chave da IDEIAhub. A comunidade criada por João Simões, Sónia Freches e Paulo Tavares oferece diferentes níveis de adesão aos seus hubbers que podem interagir na plataforma virtual como membros individuais ou corporativos. Existem cinco níveis de adesão possíveis, sendo o primeiro um nível de entrada básico gratuito onde, fazendo uso de todo o potencial das tecnologias web 2.0, a plataforma permite a interação entre os membros desta comunidade social de talentos. A partir deste patamar, o serviço tem associado uma mensalidade de €9,99.

Ao subscrever este serviço, os utilizadores garantem acesso a duas horas de formação mensais em regime de eLearning, um desafio mensal de conhecimento, assessment de competências e relatório de perfil inicial, uma sessão com o Personal Consultant para definição do Plano de Desenvolvimento Pessoal, divulgação do seu perfil e serviços no Portal IDEIA e muitas outras funcionalidades. João Simões enfatiza que a estruturação de toda a plataforma teve como base a convicção de que “o percurso para potenciar o talento de cada um, começa com um melhor autoconhecimento”.

A IDEIAhub estrutura-se em três áreas de negócio distintas: Work, um espaço de escritório partilhado; Learn, onde é explorada a componente da formação e da certificação profissional e Assessment, onde os talentos podem obter o apoio de um Personal Consultant que os ajudará a avaliar e definir as áreas em que deve investir para potenciar a sua carreira. 



OUTRAS NOTÍCIAS
Retoma do imobiliário dinamiza contratações

Retoma do imobiliário dinamiza contratações


Em 2013, o projeto Casa Pronta ERA registou um volume de faturação de 18 milhões de euros. Criado em 2012 por Isidro Fernandes, o serviço capaz de oferecer aos clientes uma...

Emprego mantém rota de recuperação

Emprego mantém rota de recuperação


Entre as 1372 ofertas de emprego divulgadas durante o mês de abril, no Expresso Emprego (versão impressa e site na internet), o maior volume de oportunidades divulgadas estava orientado p...

O desafio de gerir talento

O desafio de gerir talento


Não interessa se és leão ou gazela. Logo ao amanhecer é bom que estejas a correr”. É com este leva de vida que Carlos Rodrigues, head of Legal and Human Resour...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


COMPRADOR - INDIRECTOS

Michael Page Portugal

CONSULTOR DE INCENTIVOS FINANCEIROS

Michael Page Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal