Notícias

Sonaecom reforça formação

Em 2008 a empresa formará 1050 executivos, em 70 acções
31.01.2008


  PARTILHAR



Cátia Mateus

Foi criado em 2005 com o objectivo de reter e desenvolver a qualificação dos seus trabalhadores, num modelo de Corporate University. Três anos depois, o Sonaecom Learning Centre é um elemento-chave na política de recursos humanos da organização que abrange também os parceiros comerciais da empresa de telecomunicações.

Quando há três anos foi criado, este centro de formação assumiu-se como uma solução educativa centralizada e agregadora de toda a formação, sobretudo dirigida a colaboradores das diferentes áreas de negócio da Sonaecom. Os últimos dados deste «learning centre», avançados em 2007, davam conta de um volume de formação realizado na ordem das 25 mil horas, com 19 acções realizadas desde a criação da escola e um investimento anual de cerca de dois milhões de euros. Números que estiveram patentes no seminário ‘Inteligência Política e Estratégia Pessoal' que decorreu esta semana no Centro Cultural de Belém, tendo como orador Pascual Montañes Duato, professor de Direcção Estratégica do instituto de Empresa, de Madrid.

Seguindo o conceito de Corporate University, o Sonaecom Learning Centre tem parcerias com várias escolas de gestão nacionais e internacionais e é agora constituído por três escolas: Management Learning Centre, Technical Learning Centre e Sales Academy. Segundo a organização, “as duas primeiras são mais direccionadas para os colaboradores nas suas diferentes etapas na carreira de gestão e técnica. A última escola é mais vocacionada para os parceiros comerciais da empresa e assenta em quatro pilares fundamentais: recrutamento, formação, motivação e avaliação”.

Para a Sonaecom, “este projecto proporciona a todos os colaboradores e parceiros comerciais um ambiente de eleição para o desenvolvimento e consolidação das suas competências de gestão e técnicas, fundamentais para o desenvolvimento dos negócios da empresa”. Razão pela qual o reforço desta estrutura formativa mantém-se em 2008. Para este ano estão previstas 70 acções de formação que abrangerão 1050 executivos da empresa, num investimento estimado de três milhões de euros.

A meta para este ano é introduzir neste centro de aprendizagem mais-valias que potenciem o reforço da competitividade da empresa no mercado das telecomunicações, nomeadamente através do desenvolvimento da força de marketing e vendas, bem como do conhecimento tecnológico.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ARQUITETO GRÂNDOLA

Michael Page Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER BEJA

Michael Page Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER PORTALEGRE

Michael Page Portugal