Notícias

Somos pouco atractivos

02.04.2004


  PARTILHAR




Vítor Andrade

DEPOIS de um início de ano algo animador, em matéria de criação de emprego por parte de empresas multinacionais, o mês que agora termina dá conta de uma queda significativa neste domínio.

Com efeito - e segundo os dados semanalmente apurados pelo EXPRESSO/Emprego -, de uma média de 18% a 20% da totalidade dos postos de trabalho criados por multinacionais, em Janeiro, passou-se para um cenário, no mês de Março, em que o investimento estrangeiro em Portugal tem sido responsável por quotas que variam entre os 5,7% e os 9,5% do total dos empregos criados no nosso país.

As multinacionais estão, definitivamente, a apostar menos em Portugal. Algumas, muito simplesmente, ignoram-nos; outras, abandonam-nos.

Conclusão: não as estamos a conseguir atrair e cativar. Falhámos nesta matéria.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT

Kelly Services Portugal

ACCOUNTS RECEIVABLE

Michael Page Portugal