Notícias

Sitel recruta 200

Sitel recruta 200

O fornecedor global de serviços de apoio ao cliente Sitel inicia no próximo mês um processo de recrutamento que levará à empresa 200 novos colaboradores. A firma, liderada por Benedita Miranda, tem estado em constantes missões de contratação e poderá não ficar por aqui até ao final do ano.

21.06.2013 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Depois de no ano passado ter integrado 250 novos colaboradores na sua equipa a Sitel, especialista em outsourcing, prepara-se para recrutar entre julho e setembro, 200 novos profissionais que integrarão a sua estrutura no Parque das Nações. Benedita Miranda, country manager da Sitel, justifica este investimento na criação de emprego e no crescimento da sua equipa, com a conquista de novos projetos que a empresa tem continuado a registar apesar do cenário económico nacional, e enfatiza a forte aposta realizada pela empresa na formação de cada colaborador e no seu desenvolvimento individual na organização.

Na Sitel trabalham cerca de 600 colaboradores e o crescimento é permanente. “A empresa tem por prática realizar diversos processos de recrutamento ao longo do ano, como forma de dar resposta aos desafios colocados pelos novos clientes, ou novos projetos de clientes já existes”, explica a diretora geral adiantando a intenção de superar este ano o número de contratações realizadas em 2012. A empresa procura profissionais com experiência e formação no atendimento ao cliente, e que sejam multilingues num dos 14 idiomas que a Sitel representa, sendo que o inglês é fundamental e o idioma universal da companhia. “Em Portugal temos uma pool de talentos com elevadas capacidades, nos quais queremos apostar”, explica Benedita Miranda enfatizando que “face à facilidade com que os portugueses falam outros idiomas e, tendo em conta a vasta comunidade de imigrantes cujo português é a segunda língua, procuramos não só colaboradores nativos num dos diversos idiomas que atendemos, mas também portugueses”.

Com objetivos claros de reforçar as suas equipas de atendimento ao cliente e helpdesk, bem como suporte e gestão, a empresa procura assistentes de call center, mas também team managers, operation managers, formadores, gestores de qualidade, técnicos de produto e outros perfis. Além do recrutamento dentro de portas, a opção pode também passar por “contratar novos recursos diretamente nos países de origem, oferecendo reais oportunidades de carreira na nossa empresa e “pacote” de recolocação”, explica a country manager da empresa. Para Benedita Miranda alem dos skills técnicos e humanos privilegiados no recrutamento, “é indispensável que os candidatos apresentem uma forte vertente de comunicação e um compromisso em criar um percurso de carreira duradouro na empresa”.

A Sitel assume como postura o investimento constante no desenvolvimento dos seus colaboradores, procurando contrariar a ideia de que o trabalho nos call centers é precário. “Todos os colaboradores da Sitel recebem formação, pois só assim asseguramos a criação de profissionais qualificados e especializados. Temos um Plano Anual de formação que tem em conta o desenvolvimento individual dos colaboradores em duas dimensões, em relação às competências exigidas para a função que desempenha, e que se pretende excecional, e às competências individuais, o conhecimento e os atributos pessoais que conduzem um profissional ao êxito e permitem a sua qualificação e o desenvolvimento da sua carreira na Sitel”, explica a gestora.

Nos últimos dois anos a Sitel quase triplicou o seu volume em Portugal. Em 2012 a empresa abriu novo escritório em Lisboa, criando no Parque das Nações 200 postos de trabalho (já ocupados). Está agora em curso a sua expansão imediata para as 400 novas posições. O crescimento da empresa está sobretudo sustentado nas marcas internacionais que continuam, segundo a diretora, a recorrer às soluções da Sitel. Para manter esta dinâmica que contraria a adversidade nacional, Benedita Miranda aposta na constituição de uma equipa permanentemente motivada que diz ser a principal ferramenta para “a conquista de importantes projetos”. São constantes na empresa os programas motivacionais que visam contribuir para o aumento da qualidade de vida profissional e familiar dos colaboradores, já que para Benedita Miranda “os ingredientes para o sucesso deste projeto são pessoas orientadas para os clientes e para os resultados”.

 



OUTRAS NOTÍCIAS
Expresso lança portal de MBAs

Expresso lança portal de MBAs


Com escolas de excelência e executivos à escala global, capazes de espelhar a qualidade da formação nacional, Portugal está nas rotas internacionais dos melhores Mast...

Empreendedores já têm Erasmus

Empreendedores já têm Erasmus


Os empreendedores já podem candidatar-se ao programa Erasmus. O bem sucedido modelo de intercâmbio académico ganhou uma vertente empresarial que possibilitará aos jovens emp...

Portugal mais global

Portugal mais global


Mais do que uma forma de contornar a austeridade nacional, as exportações têm demonstrado ser um catalisador de novos empregos. Um estudo recente do ISCTE revela mesmo que a intern...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT - TREASURY - PSA BANK

Spring Professional Portugal

ACCOUNTANT BANKING SECTOR-PSA BANK

Spring Professional Portugal

ACCOUNTING MANAGER

Spring Professional Portugal