Notícias

Regras de ouro para entrevistas online

Regras de ouro para entrevistas online

São cada vez mais comuns, fruto da globalização e da mobilidade. E ainda que obedeçam aos mesmos princípios e objetivos que uma entrevista presencial, há alguns aspetos que necessário acautelar quando realiza uma entrevista de recrutamento através do Skype ou de outra plataforma tecnológica.

12.10.2015 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



O meio não diminui o peso e a relevância ao momento, nem atenua a responsabilidade do candidato se preparar para aquela que pode ser a única oportunidade de causar uma primeira boa impressão e um impacto forte junto de um potencial empregador. À medida que aumentam as oportunidades de trabalho internacionais, que as empresas atuam a uma escala global ou que se adensam as múltiplas etapas de seleção que um candidato tem de enfrentar até provar que é a pessoa certa para a função, a tecnologia ganha terreno (nas suas mais variadas plataformas) como grande facilitador dos processos de seleção.

Kate Funk, especialista em gestão de carreira da plataforma de career advice Careerealism, realça que “as entrevistas online são cada vez mais comuns e, em muitos casos, têm exatamente o mesmo peso que uma entrevista presencial para os recrutadores”. No seu contacto com candidatos é levada a constatar que “muitos perdem a oportunidade de emprego por minimizarem a relevância deste tipo de entrevistas e não se prepararem convenientemente”.

Para a especialista, uma entrevista online obedece aos mesmos preceitos e grau de exigência que qualquer entrevista presencial e, por isso, “não há nenhuma razão que justifique o facto dos candidatos não se prepararem para esta etapa”. Entre os principais erros identificados por Kate Funk estão, por exemplo, negligenciar o enquadramento escolhido para a entrevista. Não se pense que para quem está a avaliar um candidato, a imagem de fundo não é relevante. É, e muito. “O entrevistador avalia o candidato e o que o envolve, o que acontece em seu redor. É impossível dissociar ambos”, explica a especialista enfatizando que “o que surge na imagem pode dizer muito do candidato ao recrutador, quer sejam prateleiras cheias de filmes de terror, ou olduradas com dezenas de perfumes ou ainda, e mais grave, ter como plano de fundo uma total desarrumação”. O ideal é apostar num plano de fundo limpo de quaisquer vestígios. “Quanto menos houver, mais a atenção do recrutador estará centrada no candidato”, enfatiza Funk.

A especialista alerta ainda para os casos em que os candidatos se desleixam na apresentação por se tratar de uma entrevista à distância. “Não se apresentar de forma profissional é um dos erros mais comuns”, admite. Para a Kate Funk, é impensável um candidato realizar uma entrevista de trabalho online de calções ou apenas convenientemente arranjado da cintura para cima, não acautelando por exemplo a eventualidade de lhe pedirem que se levante. Manter uma postura rígida e sombria, “sem sorrisos, simpatia ou entusiasmo”, ou uma rigidez corporal que transforme a entrevista de emprego num formato de inquirição policial são outros dos erros já identificados a especialista, entre os vários candidatos que tem acompanhado. Mas há, garante Kate Funk, outras falhas mais difíceis de justificar, como o erro básico de não testar o equipamento antes da hora marcada para a entrevista e assim perder uma oportunidade de emprego ao deixar o recrutador pendurado do outro lado ou, a mais impensável de todas as falhas, mas ainda assim real, garante Funk: aparecer na imagem rodeado de comida e bebidas.



OUTRAS NOTÍCIAS
Contratação pública em debate

Contratação pública em debate


A cidade do Porto vai receber já em setembro, 27 especialistas nacionais e internacionais para debater as novas diretivas europeias na área da Contratação Pública. A...

De trainee a Líder

De trainee a Líder


O timing foi feliz. Nuno Moreira da Silva, entrou na Microsoft Portugal como estagiário ainda antes do programa de trainees da tecnológica estar formalmente constítuido e chegou a...

Administração Pública recebe estagiários

Administração Pública recebe estagiários


Decorrem até ao próximo dia 20 de julho as candidaturas à terceira edição do Programa de Estágios na Administração Pública Central (PEPAC...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


FACILITIES MANAGER

Michael Page Portugal

HR ANALYST

Michael Page Portugal