Notícias

Protecção civil com licenciatura

08.10.2004


  PARTILHAR




Fernanda Pedro

A ESCOLA Superior de Tecnologia do Mar de Peniche do Instituto Politécnico de Leiria vai lançar neste ano lectivo a primeira licenciatura em Protecção civil.

O curso cujo o programa curricular foi articulado com o Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, pretende dotar os formandos de conhecimentos multidisciplinares que os habilitem a intervir de forma adequada nas diferentes solicitações em matéria de segurança e protecção civil.

Protecção que poderá ser ao nível do planeamento e prevenção, como também ao nível da gestão de socorro e limitações de danos e riscos, bem como ao nível do processo de recuperação.
Desta forma, os objectivos prioritários desta licenciatura, visam promover o conhecimento dos princípios da gestão da emergência, da prevenção da resposta e recuperação, contactar com as diferentes técnicas de protecção civil para o desenvolvimento de aptidões de intervenção e de prevenção.

Para além disso, a formação pretende também promover o conhecimento de casos tipo para o desenvolvimento de competências de interpretação, análise e avaliação, bem como implementar estruturas de metodologias de projecto e tecnologias em protecção civil.

No futuro, os licenciados poderão seguir diversas saídas profissionais. A escola prevê que o mercado de trabalho poderá absorver estes formandos em autarquias e gabinetes de protecção civil tanto ao nível nacional, regional como local. Também os institutos e instâncias públicas e privadas com competências ou intervenção nas áreas de protecção civil, bem como os gabinetes de protecção e segurança de empresas públicas podem assegurar uma entrada na vida activa destes profissionais.

Para além disso, a actividade no domínio do planeamento e ordenamento territorial poderá funcionar como uma saída profissional.

Para frequentar a licenciatura em Protecção civil os candidatos terão de realizar provas específicas em biologia, economia ou matemática. Será dada preferência aos formandos que residem na região, sobretudo nas áreas de influência de Coimbra, Leiria, Lisboa e Santarém.

Mas mesmo para aqueles que pretendem apenas um bacharelato podem frequentar o curso, ficando apenas com três anos de ensino. Os que querem seguir para licenciatura terão mais dois anos de formação. As aulas terão um cariz teórico com uma forte componente prática.

Para o politécnico de Leiria, este é um curso que visa formar especialistas em planeamento, coordenação e domínio das tecnologias específicas no âmbito da protecção civil. Num país, tão massacrado com os incêndios florestais e onde faltam recursos, uma formação desta natureza poderá contribuir para promover as competências necessárias aos recursos humanos que asseguram a protecção civil de todo o território nacional.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


AR ITALIANO

Experis Finance, Tax & Legal

CONTROLLER DE GESTÃO INDUSTRIAL

Spring Professional Portugal