Notícias

Portugal atrai talento global

Portugal atrai talento global

O CompareEuropeGroup entrou em Portugal no ano passado, através do lançamento da plataforma gratuita de comparação de produtos e serviços financeiros, ComparaJá.pt. O grupo europeu que congrega várias startups nórdicas decidiu agora implantar em Portugal o seu Centro Europeu de Operações e Marketing. O investimento permitirá criar, até ao próximo ano, 100 novos postos de trabalho qualificados, metade dos quais para jovens portugueses. A outra metade para profissionais estrangeiros que Portugal está a atrair também num número cada vez maior.

13.05.2016 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Na sua operação nacional, o serviço online gratuito de comparação de produtos e serviços financeiros ComparaJá.pt, emprega atualmente uma equipa de 20 profissionais. Para além destes, Sérgio Pereira, diretor-geral da plataforma que serviu em 2015 de rampa de lançamento para a entrada do CompareEuropeGroup em Portugal, destaca outros 50 colaboradores de 13 nacionalidades distintas que a partir de Lisboa servem as operações da marca na Dinamarca, Bélgica, Noruega e Finlândia. A dimensão máxima da equipa ainda não foi alcançada. A fixação em Portugal, mais especificamente em Alvalade (Lisboa), do novo centro europeu de Operações e Marketing do grupo, agora formalizada, vai impulsionar a contratação de 100 novos profissionais qualificados até ao próximo ano. A empresa procura jovens talentos nas universidades nacionais, mas também nas internacionais.

Na génese do CompareEuropeGroup estão várias startups r e uma portuguesa, a ComparaJá.pt. Este contexto multicultural do grupo coloca exigências ao nível das contratações, reconhece Sérgio Pereira. “A nível global, o grupo está neste momento em 15 países e conta com mais de 500 colaboradores de 25 nacionalidades”, explica o diretor-geral da plataforma ComparaJá.pt que acrescenta ainda que “se apenas tivermos em conta o CompareEuropeGroup, presente em cinco países, estamos a falar de mais de 100 profissionais”. Quer na equipa já constituída em Portugal, quer nos novos elementos que a empresa vai estar a contratar até ao próximo ano, o foco é a multiculturalidade.?“O Grupo está à procura de falantes nativos de dinamarquês, finlandês, francês, holandês e norueguês para o escritório de Lisboa, sobretudo para funções relacionadas com o Marketing e Operações”, explica Sérgio Pereira.

Além destas áreas, o diretor-geral fala de oportunidades específicas para redatores de marketing de conteúdos, especialistas em gestão de redes sociais, analistas de mercado, agentes de call center e gestores de desenvolvimento de negócio, especificamente para a plataforma ComparaJá.pt. “A actividade da plataforma vai ser alargada nos próximos meses a outros produtos da Banca - como o crédito à habitação, crédito automóvel ou os depósitos a prazo - e serão lançadas novas áreas verticais, nomeadamente os seguros, existindo por isso uma grande necessidade de recrutamento”, realça o líder.

Sensivelmente metade das oportunidades de trabalho a criar pelo grupo até ao próximo ano serão destinadas a jovens portugueses. As restantes contratações deverão, segundo Sérgio Pereira, “estar focadas no crescimento das equipas que servem as restantes ventures europeias”. O líder da plataforma ComparaJá.pt relembra que “foi a urgência em dar resposta à necessidade dos consumidores portugueses de disporem de uma plataforma gratuita onde pudessem identificar, comparar e adquirir qualquer produto financeiro presente no mercado, num processo rápido, intuitivo e fidedigno” que impulsionou a criação da plataforma de comparação que abrange “todos os produtos que sejam relacionados com gastos fixos mensais das famílias portuguesas, que vão desde créditos aos seguros, mas também às telecomunicações, internet ou energia”, explica o diretor.

Sérgio Pereira realça ainda que “o CompareGroupEurope está comprometido em investir em Portugal por acreditar que poderemos fazer a diferença na vida de milhões de consumidores”. No que respeita ao hub europeu do grupo, localizado em Lisboa, o objetivo será de expansão contínua e, consequentemente, de contratação.



OUTRAS NOTÍCIAS

"A criação de emprego, infelizmente, não se decreta"


No mês passado, a Fundação da Juventude já tinha superado o seu record de vagas de estágio, disponibilizadas através dos vários programas que promove. C...

Há menos queixas do Trabalho Temporário nacional

Há menos queixas do Trabalho Temporário nacional


Durante o ano passado, no gabinete do Provedor da Ética Empresarial e do Trabalho Temporário (PEETT) deram entrada 66 queixas ou pedidos de esclarecimento, por iniciativa de trabalhadore...

Claranet cresce e contrata em Portugal

Claranet cresce e contrata em Portugal


Depois de ter inaugurado em janeiro deste ano um Centro de Competências em Portugal, a empresa especializada no fornecimento de serviços geridos de Tecnologias de Informação...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


CYBERSECURITY ADVISOR - CIS

Michael Page Portugal

DIRECTOR INDUSTRIAL

Michael Page Portugal

DIRETOR GERAL

Michael Page Portugal