Notícias

Porto forma empresários

04.07.2003


  PARTILHAR



Margarida Cardoso

FAZER uma escola para empresários, capaz de dar resposta a questões críticas como o "marketing" internacional, fiscalidade ou legislação laboral, é uma das apostas da nova Escola de Gestão Empresarial (EGE) do Porto.

O projecto, que resulta da colaboração da Associação Empresarial de Portugal (AEP), Universidade Católica (UCP) e Universidade de Aveiro, contempla também na sua oferta curricular MBA, pós-graduação, conferências e "intraining company", com cursos de gestão por medida nas próprias empresas. A pensar nos quadros intermédios sem formação académica, a EGE propõe um curso geral de gestão.

Mas é na formação para empresários que a escola apresenta a sua proposta mais inovadora. E o potencial da procura é promissor: "O mercado nacional tem esquecido este segmento apesar de o nível médio de qualificação dos empresários não ser muitas vezes superior ao dos trabalhadores", salienta Joaquim Azevedo, administrador da AEP e um dos três directores da EGE, juntamente com Alberto de Castro, da UCP, e Borges Gouveia, da Universidade de Aveiro.

O envolvimento da AEP, que no ano passado pôs fim à parceria com a Universidade do Porto na Escola de Gestão do Porto, presidida por Daniel Bessa, garante a ligação ao mundo empresarial, onde a EGE se propõe trabalhar tanto ao nível de topo, com a élite dos grandes empresários nacionais, como noutros segmentos, abrangendo diferentes níveis de qualificação e os vários sectores de actividade.

Está também a ser estudada a criação de uma rede internacional de escolas de gestão que permita experiências de intercâmbio de alunos.

 





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT - GERMAN

Kelly Services Portugal

ACCOUNTANT - PAREDES

Kelly Services Portugal