Notícias

Porto capital da iniciativa

A Feira do Empreendedor regressa à cidade Invicta no mês de Novembro. A meta é fomentar a criação de novas empresas
16.09.2005


  PARTILHAR




Cátia Mateus

A FEIRA do Empreendedor está de volta à cidade Invicta. A edição 2005, daquele que já é conhecido como o certame das oportunidades de negócio, decorre de 17 a 19 de Novembro no edifício da Alfândega do Porto.

A feira — organizada anualmente pela Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) através da marca Academia de Empreendedores — mantém o figurino habitual, organizado em formato de cidade com ruas e praças, mas a edição deste ano integra o primeiro «Stock off do Empreendedor», onde os potenciais empresários podem adquirir os mais diversos instrumentos para montar e desenvolver a sua empresa.

Som o lema «Competitividade, Inovação e Empreendedorismo», a Feira do Empreendedor-2005 volta a chamar a atenção para a importância de empreender, mesmo numa altura em que a conjuntura económica pode ser desmotivadora.

Durante três dias, «a Alfândega do Porto funcionará como uma montra onde os empresários/empreendedores poderão aceder a todo um conjunto de produtos e serviços de apoio à actividade empresarial e emprego», explica José Fontes, coordenador da Academia de Empreendedores.

Da Rua das Oportunidades à Rua dos Financiamentos, passando pela Praça do Futuro, onde se encontram as novidades em tecnologia, ou pela Rua do Marketing e da Gestão, quem pondera criar uma empresa ou modernizar o seu negócio encontra a informação necessária.

Paralelamente à exposição, e como já vem sendo hábito, a Feira do Empreendedor integra um ciclo de 25 conferências gratuitas em que serão abordados temas como: Inovação e criatividade; Marketing pessoal: Criatividade e gestão das emoções; Como negociar com a Banca; Como vender a sua ideia de negócios, entre outros.

Segundo José Fontes, «o ‘stock off' do Empreendedor e os jantares Negócios à Mesa que integram esta edição da feira são, a par com as conferências e a exposição, pontos fortes do evento».

Com o «stock off», a organização da iniciativa pretende «facilitar o acesso aos mais diversos instrumentos essenciais à criação da empresa». Já os jantares encerrarão a tríade «negociação, diversão e formação» inerente a este certame.

«Os jantres são dirigidos aos expositores e proporcionam aos empresários o contacto entre si, de modo a, por um lado, encontrarem parceiros ou sócios para as suas empresas e, por outro, poderem efectuar negócios ou trocar experiências com outros empreendedores», explica o coordenador da iniciativa.

José Fontes esclarece que no âmbito do jantar será distribuída pelos participantes uma «agenda empresarial» que compila os contactos de todos os participantes e um resumo da sua empresa. O objectivo é facilitar o contacto entre os participantes no evento.

Nesta edição da Feira são esperados dez mil visitantes. O evento reunirá 40 oradores, especialistas em diversas áreas, que participarão nas conferências e nos cinco «workshops» sobre financiamento.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


C# DEVELOPER

Kelly Services Portugal

COLLECTIONS - FLUENT IN ITALIAN

Michael Page Portugal

CREDIT RISK ANALYST - US MARKET

Michael Page Portugal