Notícias

País de artistas

28.10.2005


  PARTILHAR




Vítor Andrade

A PRODUÇÃO de ficção e programas de entretenimento para televisão deu origem a uma pequena indústria que actualmente já dá trabalho a cerca de 4500 pessoas (ver texto nesta página).

O mercado debate-se cada vez com mais concorrência, o que acabou por fazer cair alguns preços mas, ainda assim, o volume de trabalho é significativo e, aliás, já é notória a superioridade da ficção nacional face ao que chega de fora, sobretudo do Brasil.

Esta é a prova de que Portugal pode dar cartas neste segmento do mercado audiovisual. Temos bons profissionais, boas soluções técnicas, temos um clima propício e muitas horas de luz.

Pecamos, já se sabe, no excesso de burocracia que, segundo consta, está a bloquear um investimento avultado na Cidade do Cinema, no Barreiro. Em causa estão 4000 postos de trabalho. Inaceitável é se nos arriscamos a perder essa oportunidade.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ADVOGADO(A) PRIVATE CLIENTS

Michael Page Portugal

ANALISTA SAP - TORRES VEDRAS

Michael Page Portugal

AREA SALES MANAGER - PORTUGAL

Michael Page Portugal