Notícias

Os empregos do futuro

Os empregos do futuro

Já ouviu falar de tele-cirurgiões, especialistas de simplificação ou de vigilância da vizinhança? Saiba que qualquer uma das profissões está listada como um emprego de futuro no estudo “Empregos 2030”, da Inspired Minds, que identifica as 41  profissões mais promissoras para 2030.

 

11.08.2014 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Se em 2030 lhe chegar ao email uma oferta de emprego à procura de um nostalgista, o kinesiologista geriátrico, um conselheiro de robots, um designer de resíduos, um terapeuta paliativo, um gestor de rastos digitais ou um designer de plataformas de fidelização de consumidores, não estranhe. Segundo o estudo “Empregos 2030”, realizado pela fundação sem fins lucrativos, Canadian Scholarship Trust Plan, enquadrado no projeto Inspired Minds, todas estas profissões fazem parte de um leque de 41 carreiras emergente num futuro a médio prazo. A empregabilidade, asseguram os autores do estudo, é assegurada. Basta que os candidatos saibam preparar-se antecipadamente para o que o mercado precisará.

Com a constante evolução tecnológica e sociológica altera-se também o mundo do trabalho. Historicamente, muitas foram já as profissões que se extinguiram para dar lugar a outras capazes de dar resposta às necessidades das sociedades em constante e rápida mutação. O projeto Inspired Minds procurou antecipar o futuro do mercado de trabalho em pouco mais de 15 anos e alcançou um conjunto de profissões completamente inesperadas, das quais a maioria nunca ouviu falar mas que provavelmente ouvirá em breve. Dirá que se trata de um trabalho puramente visionário, impossível de confirmar. Verdade. Mas para Jayar LaFontaine, estratega da consultora de inovação Idea Couture que colaborou neste projeto, é um exercício de antecipação interessante. Para o especialista “o panorama das carreiras está a mudar, mas perceber as novas vocações que estão a surgir não uma tarefa assim tão linear”.

O objetivo do projeto Inspired Minds foi, segundo LaFontaine, “identificar profissões que nos próximos 15 anos ou mais possam ser emergentes e quais as competências e qualificações que estas vão exigir”. O resultado final é um ranking intrigante (ver caixa) pouco focado em “previsões rígidas sobre os postos de trabalho do futuro” mas, essencialmente potenciador de reflexão sobre o que está a mudar e a que velocidade no mundo do trabalho. Provavelmente hoje seria para si impensável recorrer aos serviços de um nostálgico, ou seja, um designer de interiores especializado em recriar ambientes do passado seja para clientes mais seniores ou para uma nova geração apaixonada por looks antigos. Mas talvez não lhe pareça tão estranho, por exemplo, que profissões ligadas à geriatria ganhem terreno num futuro próximo. O crescente envelhecimento das populações poderá dar lugar à crescente especialização de profissionais e a novas oportunidades de carreira nas áreas de terapias alternativas aplicadas à geriatria, gestão de cuidados paliativos e outras.

A análise do Inspired Minds considerou fatores de mudança diversos como as questões ambientais e climatéricas, a economia, a emigração e os possíveis efeitos de novos paradigmas de tecnologia. Talvez por isso, uma das profissões mais sui generis que integra esta lista seja a de conselheiro de robots. O que faz? Ajuda as famílias a escolherem o melhor robot para as suas necessidades diárias. Se será uma miragem? Talvez, mas vale pelo desafio de imaginar como estará a sua profissão em 2030.

Emprego certo?

1. Recrutar para trabalho agrícola
2. Consultor curricular
3. Advogado
4. Gestor pessoal de páginas web
5. Gestor de “rastos digitais” (digital memorialist)
6. Embaixador de cultura organizacional
7. Gestor residencial
8. Account financeiro
9. Enfermeiros
10. Técnico de logística
11. “Nostalgista”
12. Professores
13. Tele-cirugião
14. Engenheiro de energias renováveis
15. Responsável de vigilância da vizinhança
16. Designer de resíduos (garbage designer)
17. Especialista de simplificação
18. Engenheiro de estruturas
19. Conselheiro de robôs
20. Responsável de hotelaria
21. Designer de plataformas d fidelização de consumo
22. Kinesiologista geriátrico
23. Terapeuta paliativo (end of life therapist)
24. Guia de explorações no Ártico
25. Urbanista
26. Técnico de captura de carbono
27. Curador de arte
28. Operador de media
29. Pescador de aquacultura
30. Pesquisador de soluções de saúde (healthcare navigator)
21. Especialista de minas
32. Analista de transportes
33. Especialista de tecnologia solar
34. Terapeuta de comportamento cognitivo
35. Coach alimentar
36. Auditor de ecossistemas
37. Instalador de biofilme
38. Agricultor urbano
39. Diretor de redes regionais
40. Coordenador de saúde multiregional
41. Bailarino



OUTRAS NOTÍCIAS
Estágios na Comissão Europeia

Estágios na Comissão Europeia


Os candidatos devem ser nacionais de um Estado-membro da União Europeia ou dos países candidatos e devem ter concluído, até à data limite de apresentaçã...

Candidatos falham áreas de emprego

Candidatos falham áreas de emprego


Seguindo a tendência dos últimos meses, Engenharia, Gestão e Tecnologias de Informação continuam a ser as áreas com maior dinâmica de recrutamento em Por...

Competências para gestores do futuro

Competências para gestores do futuro


A crescente internacionalização das empresas e globalização dos negócios trouxe desafios acrescidos a quem gere recursos humanos. Tal como na gestão interna d...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT - TREASURY - PSA BANK

Spring Professional Portugal

ACCOUNTING QUALITY CONTROLLER-PSA BANK

Spring Professional Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER ALBUFEIRA

Michael Page Portugal