Notícias

Novabase procura jovens talentos universitários

13.04.2007


  PARTILHAR



Marisa Antunes
A poucos meses do final de curso para milhares de recém-licenciados, a Novabase volta a relançar o seu programa de recrutamento junto das universidades. Baptizado de Novabase Academy, este projecto foi especificamente criado com o objectivo de seleccionar anualmente os melhores talentos nas áreas de Engenharia Informática, da Electrónica e Telecomunicações, da Gestão e da Economia.

Os universitários são recrutados junto das mais prestigiadas faculdades de norte a sul do país e só aqueles que possuem uma média igual ou superior a 14 valores são convidados a integrar o programa de selecção. Os finalistas são inicialmente sujeitos a testes psicométricos, de aptidão e de personalidade. Depois passam por uma primeira entrevista para avaliar as suas motivações profissionais, de forma a que se possa direccionar o processo de candidatura para as áreas de negócio mais adequadas com o respectivo perfil.

Conseguir passar à fase final dependerá de uma série de requisitos valorizados pela empresa, de onde se destacam não só as competências técnicas, mas também a capacidade de liderança, de relacionamento interpessoal e trabalho em equipa, o espírito de iniciativa, a disponibilidade para enveredar por uma carreira internacional ou a capacidade de resolução de problemas complexos.

Através deste programa já foram integrados cerca de 100 recém-licenciados nos últimos dois anos. Só em 2006, por exemplo, e partindo de uma base de 1300 potenciais candidatos, apenas 139 conseguiram chegar à fase das entrevistas. Este grupo foi então sujeito a uma avaliação mais rigorosa, acabando por restar 70, que foram convidados a participar no programa.

A organização empresarial oferece bases para uma carreira de consultoria e o desenvolvimento de "know-how" avançado no domínio funcional e tecnológico. Em troca, espera que os recém-licenciados consigam "renovar a equipa empresarial com talento e elevado potencial", como realça fonte institucional da empresa. "Contratam-se neste programa aqueles que serão os futuros líderes da organização. Garantimos uma elevada qualidade no processo de recrutamento e formação e reforçamos a aposta em criar emprego qualificado no tecido empresarial português", adiantou a mesma fonte. Em 2006, a empresa recrutou alunos do Instituto Superior Técnico, do Instituto Superior das Ciências do Trabalho e Empresa, das Faculdades de Ciências da Universidade de Lisboa, de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e também das Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, do Instituto Superior de Economia e Gestão e das Universidades do Minho, de Aveiro e Católica Portuguesa.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Advogado

Anónimo

Advogado

Anónimo

asesor económico/comercial

Embajada en Lisboa