Notícias

NOV investe em Portugal e contrata 60

NOV investe em Portugal e contrata 60

Depois de vários anos a recrutar em Portugal talentos altamente qualificados para a sua casa-mãe na Noruega, a National Oilwell Varco deu o passo de gigante e prepara-se para inaugurar na próxima semana o seu primeiro escritório nacional, em Lisboa.

10.05.2013 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



A empresa que desenvolve e implementa sistemas para a indústria do petróleo e gás, está ainda a recrutar colaboradores para uma equipa que, em pleno funcionamento, empregará 60 profissionais.

É norueguesa a empresa que em abril mais recrutamentos realizou a partir do Expresso Emprego. Em si, nada que cause espanto numa altura em que as empresas internacionais reforçam o seu interesse em Portugal enquanto fornecedor de mão-de-obra qualificada. Mas este caso tem uma relevância acrescida. É que a National Oiwell Varco (NOV), a empresa que se destacou no número de oportunidades divulgadas via site e versão impressa do Expresso, recrutou talentos portugueses para permanecerem no seu país. Depois de seis anos a contratar em Portugal e nas universidades lusas, com o apoio da rede Eures, a empresa que opera na área petrolífera, rendeu-se aos encantos nacionais e montou uma operação em Lisboa para a qual continua a recrutar. A meta é fechar o ano com 60 novos colaboradores altamente qualificados a trabalhar no escritório nacional.

Já em Março o Expresso Emprego tinha noticiado a presença da National Oilwell Varco no país, integrada no evento de recrutamento “Engineers Mobility Days”, promovido pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, em parceria com a rede EURES. Na altura a empresa já trazia como objetivo contratar engenheiros portugueses, altamente qualificados, para integrar as suas operações na Noruega, mas também selecionar a equipa que viria a assegurar o arranque da subsidiária nacional da petrolífera, que na próxima semana abre as suas portas no coração de Lisboa.

A partir do novo escritório localizado no Parque das Nações, uma equipa que no final do ano deverá somar cerca de 60 profissionais - maioritariamente engenheiros, especializados nas áreas mecânica, eletrónica, hidráulica, de estruturas e de máquinas - assegurará a ligação às várias divisões da NOV na casa-mãe, na Noruega. Esta é a primeira empresa norueguesa que, habituada a recrutar em Portugal para a sua sede, decide dar o passo de gigante e investir no país e nos seus talentos, sediando cá uma filial em pleno contexto de adversidade. O processo de recrutamento para a subsidiária portuguesa da NOV que opera na área das vendas, desenho, fabricação e implementação de sistemas e produtos para a indústria do petróleo e gás, oferecendo soluções de alta tecnologia já decorre e embora exista um número significativo de oportunidades já preenchidas, há ainda várias vagas em aberto. A nova delegação da petrolífera responderá diretamente à casa mãe que assegurará também a gestão e direção geral da nova unidade até que seja definido um líder para a operação portuguesa. A NOV soma 60 mil empregados em 60 países. Na Noruega tem atualmente tem quatro mil funcionários.

No mês passado, o Expresso Emprego divulgou um total de 573 oportunidades de emprego, a maioria direcionada a engenheiros, sobretudo ligados à áreas das tecnologias de informação. Paralelamente, merece também destaque a emergência da procura de perfis financeiros e de gestão, para exercer funções no âmbito da consultoria, cuja dinâmica nas contratações aumentou significativamente em abril.

Quem recruta mais*
Os engenheiros estão mais uma vez em destaque no top de recrutamento deste mês. Entre as dez empresas que em abril se destacaram pelo número de oportunidades de emprego geradas via Expresso Emprego (versão impressa e sítio online em expressoemprego.pt), sete estão ligadas à área das tecnologias recrutando sobretudo engenheiros nesta especialidade. A liderar o ranking está a norueguesa National Oilwell Varco que opera na indústria do petróleo e gás e que depois de seis anos a recrutar em Portugal está apostada em criar uma operação em solo luso.

1º National Oilwell Varco
2º Lusiaves Grupo
3º Grupo Secondtrading
4º Glintt
5º Falisafe
6º Alphaserve Technologies
7º Teleperformance
8º Gatewit
9º Blip
10º Grupo FCM

* Os dados deste ranking não incluem ofertas de trabalho anónimas ou veiculadas através das empresas especializadas em recrutamento e seleção.



OUTRAS NOTÍCIAS
Brasil já recruta para os Olímpicos

Brasil já recruta para os Olímpicos


A contagem decrescente para os Jogos Olímpicos Rio 2016, que no Rio de Janeiro (Brasil) já começou. A organização do evento desportivo tem já em marcha o prog...

“O mercado só está a absorver os melhores e os mais adaptáveis”

“O mercado só está a absorver os melhores e os mais adaptáveis”


A Msearch atua nas áreas de recrutamento e seleção de quadros especializados. Lançaram recentemente duas novas áreas de negócio - Assessment e Interim Managem...

Adecco apoia desempregados

Adecco apoia desempregados


Aproximar os desempregados portugueses de novas oportunidades profissionais é a missão do programa Adecco Way to Work, criado pela consultora especializada em recursos humanos, recrutame...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ENGENHEIRO DE PRODUÇÃO - PORTALEGRE

Spring Professional Portugal

AR ITALIANO

Experis Finance, Tax & Legal

CONTROLLER DE GESTÃO INDUSTRIAL

Spring Professional Portugal