Notícias

Medicina lusa na rota europeia

Portugal vai estabelecer parcerias com universidades internacionais na área da medicina.A meta é promover o intercâmbio de conhecimentos científicos e implusionar a investigação à escala europeia
13.04.2007


  PARTILHAR



Cátia Mateus
Durante a próxima semana, as faculdades de Medicina das universidades portuguesas recebem a visita de uma vasta equipa de especialistas da Universidade de Harvard que vem conhecer no terreno as nossas potencialidades na área da medicina e avaliar oportunidades de cooperação. Portugal prepara-se para dar início a duas parcerias internacionais na área científica, uma com a universidade norte-americana de Harvard e a outra com o Instituto Fraunhofer, que preconiza uma das principais redes de investigação aplicada da Europa. O anúncio foi feito esta semana pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Mariano Gago, que considera que "o país pode e deve aprender com quem faz bem".

A Universidade de Harvard é líder internacional na disponibilização de conteúdos de natureza cientícica na Internet, e ao longo dos anos tornou-se uma referência entre estudantes, médicos, enfermeiros e público em geral, Para Mariano Gago, "Portugal tem, neste programa de cooperação, uma oportunidade para conhecer de perto esta realidade e aprender com o que de melhor se faz ao nível da partilha científica". O ministro reconhece alguns limites: "Este trabalho não pode ser importado, pois cada país tem de o fazer na sua língua, tendo em conta a sua cultura, mas talvez possamos começar a lançar as bases para um trabalho futuro".

A parceria com a Universidade de Harvard vai envolver todas as faculdades de Medicina do país, mas também os principais laboratórios de investigação na área da biomédica. De acordo com o ministro, "os primeiros quatro meses do programa servirão sobretudo para avaliar oportunidades e delinear estratégias de intervenção".

São ainda desconhecidos os principais detalhes destes programas de cooperação, que deverão ser divulgados só depois desta visita e do levantamento de oportunidades que dela decorrerá.

Além do protocolo firmado com esta universidade norte-americana, Portugal abre também as portas à instalação no país de um Instituto Fraunhofer, através da assinatura de um protocolo com esta rede de laboratórios de investigação alemã.

Com estes dois protocolos o país vê, segundo Mariano Gago, asseguradas "duas novas grandes parcerias internacionais". Através delas constituem-se laços que servirão de apoio e estímulo à investigação nacional, aos profissionais do sector e a todos os estudantes com perspectivas de uma carreira científica.




DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


COMERCIAL - CONSTRUÇÃO CIVIL - ZONA NORTE

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal