Notícias

McDonald's cria 600 novos empregos até 2017

McDonald's cria 600 novos empregos até 2017

Trocou a advocacia pela gestão de recursos humanos e desde 1998 que se dedica a criar um melhor quotidiano laboral para os seis mil profissionais que integram a McDonald's em Portugal. Sofia Mendonça é quem decide as contratações na empresa e tem muito trabalho pela frente, já que nos próximos três anos a multinacional deverá criar 600 novos postos de trabalho.

26.12.2014 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Na cadeia de restauração McDonald's o recrutamento é contínuo e adequado às necessidades da empresa e dos restaurantes. Sofia Mendonça, a diretora de Recursos Humanos da multinacional em Portugal, está habituada a uma rotina constante de identificação de potenciais candidatos para que, uma vez detetadas as necessidades de novos profissionais, a empresa possa supri-las de imediato com os candidatos que detém na sua bolsa interna de talentos. Já este mês recrutou para duas novas unidades da McDonald's em solo nacional e prepara para o próximo ano novos processos de seleção. “Acreditamos na Juventude” é a nova assinatura da empresa, focada na criação de emprego em solo nacional. Para a diretora, este posicionamento demontra o orgulho da marca na proximidade aos jovens.

Mais de metade dos colaboradores da McDonald's tem menos de 25 anos. Sofia Mendonça garante que a empresa aposta neles, seja na formação seja nas hipóteses de progressão na carreia.?“Muitos dos nossos atuais líderes iniciaram as suas carreiras nos restaurantes”, explica Sofia Mendonça enfatizando a relevância do programa de formação em vigor na empresa para esta progressão profissional. Existem oito funções num restaurante McDonald's, estruturadas em dois níveis distintos: equipas de funcionários e equipas de gestão. A equipa de funcionários é composta por funcionários e treinadores e a equipa de gestão contempla várias hierarquias desde o coordenador de equipa, assistente de gerência, subgerente e gerente de restaurante, entre outras funções.

O elemento comum em todas estas funções é a formação. “Toda a evolução de carreira de um colaborador da McDonald's é suportada por um plano de formação que o ajuda a crescer continuando a progredir todos os dias”, refere a diretora acrescentando que “temos hoje cerca de 10% do nosso quadro que desempenha funções na McDonald's Europa”.?No próximo ano, a cadeia de restauração iniciará em Portugal um plano de expansão que prevê a criação de 600 novos postos de trabalho até 2017. Tal como tem acontecido até aqui, a empresa recrutará perfis diversificados, onde os jovens figuram em posição maioritaria, ainda que a McDonald's tenha vindo a aumentar também a percentagem de colaboradores com idades superiores a 30 anos.

Sempre que seleciona um candidato, Sofia Mendonça privilegia a identificação com a marca, mas também a competência técnica, o espírito de equipa e a orientação para o cliente. Nas metas da diretora está “a criação contínua de políticas e práticas para melhorar o valor da experiência de emprego na McDonald's Portugal. Só assim é possível continuar a obter índices de satisfação acima dos 80% e ser reconhecida como uma das melhores empresas para trabalhar em Portugal, como até aqui”, destaca.

Sofia Mendonça
43 anos
Diretora de Recursos Humanos da McDonald's Portugal

Formação: 
É licenciada em Direito pela Universidade Católica e pós-graduada em Gestão de Pessoas e do Conhecimento, pelo Instituto Superior de Gestão. 

Percurso:
Exerceu advocacia durante quatro anos até optar por se dedicar à área de Recursos Humanos, que sempre foi a sua “grande paixão”. Integrou a equipa da McDonald's Portugal em 1998, numa momento de grande expansão da empresa em território nacional, tendo assumido desde logo a responsabilidade das relações laborais  e algumas áreas de desenvolvimento de recursos humanos. Em 2001 assumiu a responsabilidade da gestão do Departamento de Recursos Humanos da multinacional até se tornar, em 2013, diretora de Recursos Humanos da McDonald's em Portugal.

Princípio de gestão:
Aprendizagem contínua. “A formação é sem dúvida a chave do sucesso na gestão dos nossos dias”, realça.

Hóbis:?
Dedica o tempo que tem disponível (entre o trabalho e a educação dos seus quatro filhos) à leitura, música e às viagens. Sempre que pode, joga ténis em família.

Competências que valoriza:
Competências técnicas e de natureza comportamental, como o “espírito de equipa, a valorização, o respeito pelos outros, o espírito de iniciativa e de proatividade, a identificação com a marca e a orientação para o cliente”.



OUTRAS NOTÍCIAS
Braga 2026: criar emprego

Braga 2026: criar emprego


Ao longo dos próximos 12 anos, a cidade de Braga deverá criar cerca de 500 novos empregos por ano em setores prioritários como as Tecnologias de Informação Comunica&...

Parlamento Europeu procura assistentes

Parlamento Europeu procura assistentes


O Parlamento Europeu tem a decorrer um processo de candidaturas para preencher 30 vagas. Em causa esta a contratação de assistentes parlamentares que deverão desempenhar fun&ccedi...

Método inovador testa cura de cancro em ovos

Método inovador testa cura de cancro em ovos


Trabalham desde 2013 sem auferir remuneração na empresa da criaram e estão totalmente orientados para o desenvolvimento de um projeto que tem muito a dar à ciência. A...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


AR ITALIANO

Experis Finance, Tax & Legal

CONTROLLER DE GESTÃO INDUSTRIAL

Spring Professional Portugal