Notícias

Leiria inspira empreendedorismo social

Leiria inspira empreendedorismo social

Chama-se “Start Differently” e quer inspirar novos empreendedores a colocarem boas ideias de negócio ao serviço da resolução de problemas sociais. 

06.05.2016 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



A Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico de Leiria (ESTG/IPLeiria) vai realizar este mês, a 12 e 13 de maio, o workshop “Start Differently: Social Entrepreneurship Workshop”. A formação, inovadora na instituição e totalmente orientada para a temática do empreendedorismo social, é apoiada pela Fundação Caixa Agrícola de Leiria e visa dar resposta à escassez de formação especializada na área, aliando novas ideias de negócio à resolução de problemas sociais.

“O empreendedorismo social é, cada vez mais, uma área crítica para responder a problemas da sociedade, e esta formação surge também pelo potencial que o empreendedorismo social tem como alternativa de carreira”, explica José Dantas, o docente da ESTG/IPLeiria responsável pelo workshop, da responsabilidade do Centro de Investigação em Gestão para a Sustentabilidade da escola. O empreendedorismo social, orientado para a criação de iniciativas que promovam o bem estar social, está em desenvolvimento a nível global e surge como uma necessidade imperiosa para responder a problemas sociais aos quais o Estado não consegue acudir.

O workshop será ministrado pela Social Entrepreneurship Akademie, “uma instituição alemã que tem vindo a abordar esta temática em vários países europeus”, explica. Tendo como destinatários preferenciais estudantes e jovens profissionais, a formação será, nos quarto módulos que a constituem – Introdução ao Empreendedorismo Social; Métodos e Ferramentas; Mediação e Impacto e Ideação - uma forte orientação prática. A intenção é dotar os participantes do conhecimento de métodos e instrumentos que permitam descobrir as suas capacidades empresariais e saber como lançar uma startup social.

Ao longo do workshop, “os participantes terão ainda a oportunidade de contactar com dois empreendedores sociais portugueses e desenvolver métodos como o design thinking (conjunto de processos para abordar problemas relacionados com a aquisição de informações, análise de conhecimento e propostas de solução), de forma a gerar as suas próprias ideias de startup”, explica a instituição na apresentação da formação que assegura a atribuição do certificado “Social Innovation: Compact”, pela Social Entrepreneurship Akademie e pela ESTG/IPLeiria.



OUTRAS NOTÍCIAS

"Os líderes formam-se nas empresas"


A Spring que agora entra no mercado, como a define?Tem uma imagem de expertise muito alicerçada no conhecimento e na experiência de uma Adecco Professionals que conta com muitos anos de e...

Bosch procura talento nas universidades

Bosch procura talento nas universidades


A Bosch está novamente a contratar. A empresa vai percorrer até 25 de maio várias universidades de Lisboa, Porto, Coimbra, Guimarães, Covilhã e Aveiro, no âmbi...

A ambição da paridade

A ambição da paridade


Em 2014, os dados do Eurostat davam conta de um total de 113.300 profissionais no sector das tecnologias de informação e comunicação em Portugal. Uma clara expansão ...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


AR ITALIANO

Experis Finance, Tax & Legal

CONTROLLER DE GESTÃO INDUSTRIAL

Spring Professional Portugal