Notícias

Jovens descobrem Cosmos

26.03.2004


  PARTILHAR




Fernanda Pedro

O OBSERVATÓRIO Astronómico de Lisboa, integrado na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, vai promover a segunda edição de "O Astro-Cosmos na Escola", um concurso que tem como principal objectivo incentivar os jovens nas áreas da Astronomia, da Astrofísica, da Astrobiologia, da Astroquímica e da Ciência e Tecnologia do Espaço.

Dirigido a estudantes do ensino secundário, a iniciativa pretende mostrar que a investigação na área das ciências pode ir muito além da teoria aprendida na escola.

Rui Agostinho, sub-director do Observatório Astronómico de Lisboa e responsável pelo concurso, refere que o Astro-Cosmos pretende mostrar aos jovens que "tudo o que aprendem na escola nas disciplinas de ciências pode ser ligado ao Cosmos".

O responsável adianta ainda que esta iniciativa promove o relacionamento entre os estudantes do ensino secundário e a equipa de investigação do Observatório e do Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa, privilegiando a utilização das tecnologias de informação.

Para os melhores trabalhos apresentados, será oferecido um telescópio e uma bolsa de estudos de propinas no primeiro ano de frequência numa das licenciaturas da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Além destes prémios, os melhores trabalhos serão apresentados numa palestra pública no Observatório Astronómico de Lisboa e difundidos para todo o mundo via Internet.

O concurso conta também com o apoio da Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, da Fundação Calouste Gulbenkian, da Fundação para a computação Científica Nacional do Programa Operacional da Sociedade de Informação e da LIDEL - Edições Técnicas. As inscrições podem ser entregues até 30 de Abril e as informações podem ser consultadas no www.oal.ul.pt.

Rui Agostinho reconhece que o país precisa muito de especialistas nestas áreas e "por isso precisamos de incentivar os jovens, despertando-os para o saber científico e tecnológico para que consigamos encontrar os futuros cientistas portugueses".





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ADVOGADO(A) PRIVATE CLIENTS

Michael Page Portugal

ANALISTA SAP - TORRES VEDRAS

Michael Page Portugal

AREA SALES MANAGER - PORTUGAL

Michael Page Portugal