Notícias

Formação na agricultura

Foi lançado o primeiro portal de formação para o Norte de Portugal e Galiza, para profissionais dos sectores lácteo, vitivinícola e carnes
03.03.2006


  PARTILHAR



Fernanda Pedro
JÁ está a funcionar o primeiro portal transfronteiriço de formação à distância para os profissionais dos sectores lácteo, vitivinícola e carnes. Trata-se do SIMBIOSE-Fusão de Competências Formativas Transfronteiriças na Habilitação de Profissionais do Sector Agro-Alimentar, um portal de formação para a Galiza e Norte de Portugal.

Este projecto nasceu ao abrigo do programa Interreg III e junta dois parceiros portugueses e dois espanhóis. Do lado português, está envolvida a Associação para a Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa (AESBUC) e a Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESTG). Do lado espanhol fazem parte a Aula de Produtos Lácteos da Universidade de Santiago de Compostela (APL) e Estação de Viticultura e Enologia da Galiza (EVEGA).

De acordo com Manuela Pintado, professora auxiliar da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica e uma das responsáveis do projecto, o portal da formação agro-alimentar, pretende facilitar a formação permanente de pessoas no sector agro-alimentar, não incluídas em contexto educativo, ou que realizam formação no trabalho. «O portal vai fornecer informações sobre o mercado de trabalho nas regiões portuguesas e espanholas. Estamos também a desenvolver uma área sobre legislação sobre as regiões envolvidas para uma melhor comunicação e integração», explica a responsável.

O portal baseia-se numa plataforma informática e multi-sectorial, dirigida aos diferentes níveis técnicos do sector alimentar. Os conteúdos são elaborados em módulos, integrados e validados pelas comunidades participantes, recorrendo a um misto de módulos à distância e módulos presenciais, a realizar em instalações piloto e laboratórios dos parceiros envolvidos.

Através da Internet, as autarquias, associações comerciais, ou cooperativas poderão aceder a formação virtual nos três sectores das economias locais como são os sectores lácteo, vitivinícola e carnes. «O objectivo é permitir que as instituições possam criar cursos de formação à medida das suas necessidades», adianta Manuela Pintada.

O SIMBIOSE está estruturado em cinco zonas distintas: formação «online»; bolsa de trabalho; notícias relativas ao sector agro-alimentar e um centro de recursos que inclui uma videoteca.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT BANKING SECTOR-PSA BANK

Spring Professional Portugal

ASSISTANT ACCOUNTING CONTROLLER

Spring Professional Portugal

BUSINESS ANALYST

Spring Professional Portugal