Notícias

Falta de ambição incomoda

24.04.2003


  PARTILHAR



Vítor S. Andrade
vandrade@mail.expresso.pt

ANTÓNIO - chamemos-lhe assim para evitar equívocos -, desempregado há alguns meses do sector têxtil e da indústria do vestuário, explicou-me, esta semana, que agora era "funcionário público", pois tinha um subsídio de desemprego garantido por mais de trinta meses.

Fiquei intrigado com o optimismo que envolvia as suas palavras e quis saber se não o preocupava a situação de desempregado. Disse-me que já recebera propostas de trabalho, mas que eram menos aliciantes que o próprio subsídio de desemprego.

Portanto, deveria continuar assim. Fiquei perplexo com a singularidade da situação e a pensar no que poderá ser, a prazo, o nosso país, se a atitude dominante for a de empresários que insistem em apostar na mão-de-obra barata, de activos que preferem não trabalhar e de um sistema governativo que parece não se preocupar muito com o desleixo generalizado a que chegámos.

Confesso que me incomoda tanta falta de ambição.


 





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


BIM MANAGER

Michael Page Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal