Notícias

Estimular a investigação

03.02.2006


  PARTILHAR



Maribela Freitas
A PARTIR de Março vão estar abertas as candidaturas ao programa de estímulo à investigação da Fundação Calouste Gulbenkian para o desenvolvimento de projectos em 2007. A iniciativa visa incentivar a investigação. Este programa destina-se a jovens com idade inferior a 30 anos, licenciados e que queiram desenvolver um projecto de investigação em instituições portuguesas.

João Caraça, director do serviço de ciência da Fundação Calouste Gulbenkian explica; «A ideia é estimular nos mais novos a investigação. Estes, para concorrer têm de desenvolver um projecto próprio e apontar o local onde pretendem desenvolvê-lo». A Gulbenkian atribui um apoio ao investigador e à instituição que vai acolhê-lo. O primeiro recebe um prémio de 2500 euros.

O local de acolhimento, por seu turno, que tem obrigatoriamente de desenvolver investigação, recebe dez mil euros. O programa do ano passado — cujos projectos vão começar a ser desenvolvidos este ano — abrangeu cinco temas, desde a física às ciências sociais. Os temas deste ano ainda não estão definidos, mas deverão situar-se nas áreas da física, matemática, química, ciências da vida e sociais. As vagas são 12 e as candidaturas vão estar abertas até Agosto. Criado em 1994, este programa já contemplou 70 projectos.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Área Jurídica

Assembleia da República

Business Development Assistant

ARC International Design Consultants