Notícias

Cursos à distância de um clique

A Universidade Aberta vai ministrar todos os seus cursos "online"
09.11.2007


  PARTILHAR



Cátia Mateus
No próximo ano lectivo todas as licenciaturas e mestrados da Universidade Aberta (UA) serão ministrados «online», permitindo aos alunos obter a sua formação sem sair de casa. Esta instituição, desde sempre ligada ao ensino à distância, tem actualmente todos os seus mestrados, e cinco das suas 20 licenciaturas, a funcionar neste sistema, mas a meta é tornar-se totalmente virtual.

Para Carlos Reis, reitor da UA, o «e-learning» constitui uma possibilidade de ensino com enormes potencialidades. E a universidade que lidera está decidida a tirar o melhor partido destas vantagens geradas pelas tecnologias de informação e comunicação. Para possibilitar esta aposta, os docentes e funcionários da universidade estão a receber formação para trabalhar «online».

O processo é simples. Aos alunos é fornecida uma chave que permite o acesso a uma plataforma onde consta o seu curso e as disciplinas específicas que o integram. A partir daqui, o aluno desenvolve as actividades contempladas no currículo, sempre orientado pelo professor e em interacção com a turma, que não excede os 25 alunos.

De acordo com o reitor, “as turmas não podem ser muito grandes porque a interacção é mais activa e frequente do que a presencial e os professores têm de estar sempre presentes”. Este sistema de ensino, apesar de virtual, é bastante rigoroso. A par com a realização de trabalhos «online» e todas as outras tarefas associadas a um processo de avaliação contínua, os alunos são sujeitos a provas presenciais que servem para reforçar os trabalhos realizados «online».

Actualmente, são 15 os mestrados leccionados pela UA neste sistema. Nesta fase, apenas cinco lincenciaturas estão adaptadas ao mundo virtual. Só a partir do próximo ano lectivo a UA adaptará todos os seus cursos ao ensino «online». A meta é que daqui a 3 anos, a universidade funcione totalmente no universo virtual. Carlos Reis faz um balanço positivo desta aposta, salientando que “quer os professores quer os alunos mostram uma enorme apetência a este sistema de aprendizagem”.

O reitor diz acreditar que este modelo de ensino aumentará exponencialmente nos próximos anos. Talvez por isso a UA não queira perder já o barco da inovação e esteja activamente a posicionar-se neste mercado com uma oferta académica o mais vasta possível.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT

Michael Page Portugal

ASSISTENTE DENTÁRIO - AMADORA

Kelly Services Portugal