Notícias

Construir com mais segurança

06.02.2004


  PARTILHAR




Maribela Freitas

O SINDICATO da Construção Civil do Norte quer que 2004 seja um ano de mudança no que respeita aos acidentes de trabalho. Para isso, lançou em Janeiro uma campanha de prevenção para diminuir a sinistralidade no sector, com acções de sensibilização para uma maior segurança no trabalho.

Bragança foi o local escolhido para apresentar esta campanha que visa diminuir a sinistralidade num sector que na última década registou mais de 2000 vítimas. A iniciativa é promovida pelo Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção, Madeiras, Mármores, Pedreiras, Cerâmica e Materiais de Construção do Norte.

De acordo com Albano Ribeiro, presidente desta estrutura "as quedas em altura e os subterramentos, são as principais causas de morte no sector da construção".

Durante este ano, vão ser realizadas mais de 100 acções de sensibilização junto dos trabalhadores, para que estejam alerta e se possam defender em relação aos comportamentos de risco. Assim, vão ser distribuídos panfletos com informação prática sobre como trabalhar em segurança.

A campanha é articulada com as empresas do sector e organismos oficiais, nomeadamente o Instituto para o Desenvolvimento e Inspecção das Condições de Trabalho. Para o sindicalista, existe cada vez mais uma maior sensibilização das empresas para a segurança laboral.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


AR ITALIANO

Experis Finance, Tax & Legal

CONTROLLER DE GESTÃO INDUSTRIAL

Spring Professional Portugal