Notícias

Classificados têm potencial para criar emprego

Classificados têm potencial para criar emprego

Entrou no mercado nacional em 2007, com uma equipa de apenas duas pessoas, e acaba de alcançar a marca dos 100 colaboradores. A FixeAds detém os portais OLX, Standvirtual, Coisas e Imovirtual e está a contratar. João Silva chegou no ano passado à empresa para liderar os recursos humanos.

20.09.2013 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



No espaço de um ano, a FixeAds (empresa do grupo Naspers) triplicou o seu número de colaboradores em Portugal. Uma equipa de 100 pessoas assegura atualmente o funcionamento dos quatro portais da marca. Mas a dinâmica de crescimento do negócio está a levar a detentora do portal OLX, a regressar ao mercado para contratar mais talentos. João Silva, o diretor de recursos humanos da FixeAds, lidera neste momento um processo de recrutamento que prevê a integração de 15 novos colaboradores na empresa.

Criada com o objetivo de ser reconhecida como uma empresa portuguesa especialista no desenvolvimento de plataformas de classificados e leilões online, gratuita e de fácil utilização na compra e venda de produtos, a FixeAds tem como clara aposta integrar profissionais de excelência na área tecnológica. A empresa procura neste momento engenheiros de software, IOS developers, web developers, produtores de conteúdos vídeo, técnicos de fotografia e vídeo, assistentes de pós-produção, e-commerce business developers, especialistas de internet customer care e gestores de conta para os portais OLX, Imovirtual, Standvirtual e Coisas.  João Silva reconhece que “o crescimento dos projetos tem facilitado grandes volumes de recrutamento focados nas áreas de informática e apoio ao utilizador”.

Este ano, a empresa já contratou cerca de 45 pessoas e até ao final do ano deverá integrar mais 20. Um número que diretor de recursos humanos admite que possa ser ultrapassado. Para detetar talento, a FixeAds mantem uma relação privilegiada com várias instituições de ensino como a Universidade Católica o Iscte, a Universidade Nova, o ISLA e a Universidade Lusófona. “Dependendo da vaga em questão, os processos de recrutamento podem ter algumas diferenças”, explica João Silva acrescentando que “em comum, todos os candidatos que entram na FixeAds passam por um assessment comportamental e de comparação de perfil com as exigências definidas para a função”. Os candidatos para a área de TI realizam também um teste técnico de programação, enquanto os perfis comerciais ou de apoio ao utilizador realizam provas de grupo de modo a serem confrontados com simulações reais da atividade diária da empresa. os candidatos que chegam às fases finais são entrevistados pela futura chefia direta e, em alguns casos, pelo próprio CEO.

O próprio diretor de recursos humanos passou por este processo. Com apenas 28 anos, o líder de gestão de talento da FixeAds entrou na empresa no ano passado, deixando para trás um percurso consolidado em empresas como a Deloitte, o Santander Totta ou a Portugal Telecom, tendo também fundado aos 25 anos uma empresa de consultoria de RH á qual permanece ainda ligado societariamente. João Silva privilegia um modelo de gestão assente na “valorização do comprometimento e manutenção do contrato psicológico entre a empresa e os colaboradores”. Uma opção própria de quem aponta como a maior dificuldade em todo o seu percurso profissional “a entrada no mercado de trabalho com estabilidade”. Para o diretor de recursos humanos da FixeAds “quando as experiências iniciais não correm como o esperado, o importante é assimilar tudo o que tiveram de bom e de mau e acomodar à nossa experiência e mindset”.

A média de idades entre os colaboradores da FixeAds ronda os 30 anos e João Silva procura transmitir uma ideia de eficiência à luz a no princípio de “põe quanto és no mínimo que fazes”.  Quando recruta, o jovem diretor de RH valoriza as competências técnicas necessárias à função, mas também a capacidade de trabalho em equipa e o foco no negócio. A quem integra o mercado de trabalho, o gestor deixa um conselho: “o desafio diário está em diferenciar-se cada vez mais dos concorrentes diretos”.

João Silva
28 anos
Diretor de Recursos Humanos da FixeAds

Formação:
É mestre em Psicologia dos Recursos Humanos pela Universidade de Lisboa e pós-graduado em Gestão pela Universidade Católica.

Percurso:
Iniciou a carreira com 21 anos do Departamento de Recursos Humanos do banco Santander Totta. Dois anos mais tarde transitou para a consultora Deloitte, onde integrou a equipa de Recruitment. Em 2008 chega à Portugal Telecom, mantendo as suas funções na área dos Recursos Humanos e gestão de talento. Chega à ELEVUS em 2010, como managing director. Dois anos mais tarde, nova mudança: torna-se Jobs & HR manager da OLX/ FixeAds.

Desafio atual:
“Devido ao sucesso dos seus projetos, conseguir que o crescimento da FixeAds seja totalmente sustentado com os processos e ferramentas necessárias e previstas, de modo a que a empresa e os colaboradores superem os objetivos definidos no Business Plan”, explica.

Princípio de gestão quotidiana:
Valoriza o compromisso e a manutenção do designado contrato psicológico entre a empresa e os seus colaboradores.

Família:
É solteiro e não tem filhos.

Hóbis:
Procura acompanhar as novidades do cinema, mas nem sempre a disponibilidade de tempo lhe permite manter-se tão atualizado quando gostaria.

Linkedin

www.linkedin.com/in/joaoricardosilva

Prémios
Foi galardoado em 2012 com o Prémio Revelação em Recursos Humanos, entregue pela RH Magazine.



OUTRAS NOTÍCIAS
Sociedades disputam talentos do Direito

Sociedades disputam talentos do Direito


Procuram futuros sócios nos estagiários que contratam e não deixam espaço para amadorismos sempre que recrutam um jovem advogado. Para detetarem e atraírem os melhor...

Dropbox procura especialistas em TI

Dropbox procura especialistas em TI


A tecnológica americana Dropbox está a recrutar especialistas em várias áreas, com particular enfoque para as Tecnologias de Informação (TI). A empresa tem ma...

Empresas apostam no conhecimento de idiomas

Empresas apostam no conhecimento de idiomas


O domínio de línguas estrangeiras é fundamental para os profissionais atuais. Diversas empresas que se querem internacionalizar ou avançar para novos mercados proporcionam ...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Advogado

Anónimo

Advogado

Anónimo

asesor económico/comercial

Embajada en Lisboa