Notícias

Cascais mais empreendedor

22.09.2006


  PARTILHAR



Cátia Mateus


A linha que separa a eterna questão de ‘nascer empreendedor’ ou ‘tornar-se empreendedor’ está cada vez mais ténue. Há quem considere que um indivíduo nasce com uma capacidade inata para empreender e liderar. Outros, porém, acreditam que esta aptidão se desenvolve. A GesEntrepreneur pertence ao segundo grupo e a pensar em ajudar todos aqueles que desejam fazer da capacidade de iniciativa uma forma de vida, associou-se à Câmara Municipal de Cascais e à CG International para fazerem do Empreendedorismo uma disciplina nas escolas do concelho de Cascais.

São 40 os professores e cerca de 1600 os alunos das escolas de Cascais que a partir de agora terão um contacto mais estreito com a ‘arte’ de criar empresas. Em aulas mensais de 90 minutos, os jovens vão aprender a empreender seja por conta própria ou a trabalhar para outrem.

A nova disciplina de Empreendedorismo resulta de uma iniciativa da Agência para o desenvolvimento de Novas Atitudes (DNA), tutelada pela autarquia cascalense, e conta com a participação da empresa de formação GesEntrepreneur e da CG International, de Christopher Curtis, considerado um dos maiores especialistas mundiais na formação do empreendedorismo.

Com uma abordagem que segue a lógica do ‘aprender fazendo’, Chris Curtis dá enfoque à experiência enquanto motor de aprendizagem e, neste projecto, opta por colocar alunos e professores frente-a-frente com a prática do empreendedorismo. O programa curricular a desenvolver irá proporcionar uma participação efectiva, multidisciplinar, cumulativamente com uma experiência pedagógica que utiliza a formação centrada na aprendizagem, de forma a apoiar os participantes na descoberta e desenvolvimento das qualidades e atitudes de empreendedores bem sucedidos.

Para Francisco Banha, presidente da GesEntrepreneur, “a meta deste projecto é ajudar a contribuir para a implementação no país de uma cultura empreendedora vibrante e autoconfiante, através de uma abordagem interactiva e transmissora de conhecimentos que irão ajudar os formandos a compreenderem as atitudes e atributos pessoais que mais provavelmente influenciarão o seu seu sucesso como empreendedores”.

Este projecto, do qual faz também parte um concurso de ideias onde estudantes (em equipas) apresentarão os seus próprios projectos empreendedores, é ‘apadrinhado’ pela Câmara de Cascais. Carlos Carreiras, vice-presidente da autarquia salienta mesmo a “necessidade de promover a criatividade, o espírito empreendedor e assumpção do risco junto dos jovens estudantes de maneira a num futuro próximo estes poderem encarar de forma natural a criação das suas próprias empresas”. Uma meta para qual considera que o envolvimento dos professores é fundamental.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


AR ITALIANO

Experis Finance, Tax & Legal

CONTROLLER DE GESTÃO INDUSTRIAL

Spring Professional Portugal