Notícias

Capital da iniciativa

Portugal acolhe a Semana Europeia do Empreendedorismo
04.10.2007


  PARTILHAR



Cátia Mateus
De 8 a 12 de Outubro, todos os caminhos vão dar a Cascais. A vila assume o estatuto de ‘capital europeia do empreendedorismo' e abre as portas à Semana Europeia do Financiamento das PME, Empreendedorismo e Inovação. Portugal será assim, no âmbito da Presidência Portuguesa da União Europeia, anfitrião de um conjunto de importantes eventos internacionais nos domínios da inovação e financiamento para novos negócios.

Promovida pelo Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento (IAPMEI), a iniciativa trará a Portugal centenas de responsáveis do meio político, financeiro, científico e empresarial, provenientes de cerca de 50 países. A meta do evento é promover a partilha de conhecimentos e experiências em matéria de fomento à inovação e crescimento das pequenas e médias empresas, pela via do adequado apoio financeiro.

Para cumprir este objectivo, a Semana Europeia do Financiamento, Empreendedorismo e Inovação vai centrar os seus debates na “análise e discussão de novas medidas e soluções com vista à promoção da melhoria das condições de financiamento para empreendedores e empresas europeias de pequena e média dimensão”, faz saber a organização em comunicado. O evento integra a realização do Fórum do Financiamento e Inovação, que tem lugar entre 8 e 9 de Outubro, no Centro de Congressos do Estoril, sob lema ‘das ideias ao mercado'.

Neste Fórum — que contará com a participação de Durão Barroso, José Sócrates, bem como do vice-presidente do Banco Europeu de Investimento e do Comité Europeu de Reguladores dos Mercados de Valores, representantes da Agência Americana para as PME e do Fundo Europeu de Investimento, entre outros — o tema central são as novas formas de financiamento para projectos empresariais europeus, tendo a inovação como papel central.

Um dos pontos fortes deste evento europeu é a apresentação de cerca de duas dezenas de casos considerados como boas práticas, em vários países da OCDE. Experiências como as dos Estados Unidos, Japão, Austrália, China, Inglaterra. Dinamarca, Hungria, França e Itália vão ser alvo de análise e debate por parte dos participantes.

Serão quatro as grandes linhas orientadoras: a iniciativa empresarial e a transposição das ideias para o mercado; a sustentabilidade dos negócios e a capacitação para o investimento; o ambiente favorável aos negócios e os instrumentos de captação de poupança para o crescimento empresarial. Tudo para fomentar a iniciativa empresarial na Europa e colocar Portugal, e as suas empresas, na rota do empreendedorismo à escala global.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT BANKING SECTOR-PSA BANK

Spring Professional Portugal

ARCHITECT / PROJECT MANAGER

Michael Page Portugal

ASSISTANT ACCOUNTING CONTROLLER

Spring Professional Portugal