Notícias

Bolsas para investigadores

22.10.2004


  PARTILHAR




Maribela Freitas

A COMISSÃO Fulbright e o Instituto Camões estabeleceram recentemente um protocolo de colaboração para a concessão de bolsas de investigação, para divulgar a língua e a cultura portuguesas.

Desde 1999 — e no âmbito de um anterior protocolo assinado entre estas duas entidades —, que são concedidas bolsas de estudo com a duração mínima de três meses e máxima de 12, a professores universitários portugueses que estão a realizar investigações em universidades norte-americanas, com o objectivo de difundir e promover a língua e cultura portuguesa nesse país.

Com este novo protocolo são criadas novas áreas de actuação e estabelecidos dois programas de concessão de bolsas.

O primeiro diz respeito a doutorandos, professores e investigadores que queiram desenvolver actividades académicas em universidades norte-americanas nas áreas de linguística, história, sociologia, literatura, ciência política, relações internacionais e formação a distância. Estas áreas deverão estar circunscritas a temas de língua e cultura portuguesas, sendo que será também dada igualmente prioridade a projectos de especial relevância para as relações culturais luso-americanas. A duração das bolsas é de três a 12 meses e as candidaturas estão abertas a partir de Fevereiro do próximo ano.

Já o segundo programa engloba estudantes americanos que estejam a desenvolver projectos de investigação no âmbito da língua e cultura portuguesas, incluindo aqueles que estão inscritos em mestrados ou doutoramentos em universidades portuguesas. As bolsas terão a duração de oito meses e as candidaturas decorrerão até 21 de Outubro do próximo ano. Em ambos os casos não existe limite de bolsas.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


1 CHEFE DE UNIDADE DE RECURSOS HUMANOS

Autoridade da Concorrência (AdC)

1 ESTÁGIO CURRICULAR EM GESTÃO DO ARQUIVO

Autoridade da Concorrência (AdC)