Notícias

ATOS reforça equipa tecnológica nacional

ATOS reforça equipa tecnológica nacional

A tecnológica ATOS quer fechar o ano de 2012 com 110 colaboradores na sua equipa nacional. A empresa, que iniciou atividade em Portugal em meados de 2011, com a aquisição da Siemens IT Solutions and Services, arrancou o ano com 60 colaboradores e tem vindo a aumentar o seu número de quadros. João Lopes, diretor geral da ATOS Portugal, garante que há vagas para preencher e processos de recrutamento em curso à espera dos melhores talentos nas tecnologias.
11.10.2012 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



As tecnologias de informação estão a contrariar a crise de emprego que afeta Portugal. Entre as empresas que em tempos de austeridade têm vindo a manter a sua aposta na contratação de novos profissionais, estão maioritariamente as tecnológicas que, impulsionadas pelo crescimento dos seus negócios internacionais, encontram necessidade de reforçar as suas equipas para dar resposta às exigências dos novos clientes. É o caso da ATOS que quer recrutar, pelo menos mais duas dezenas de novos colaboradores, até ao final deste ano depois de já ter admitido em 2012 mais de 60 novos colaboradores para a sua operação em Portugal. A empresa entrou no mercado nacional em meados de 2011, depois da aquisição da Siemens IT Solutions and Services, e este o seu primeiro ano de atividade plena em Portugal. João Lopes, diretor geral da ATOS Portugal confirma a forte expansão dos negócios da empresa durante este ano e o crescimento que tem vindo a consolidar na área dos recursos humanos desde o início de 2012. A empresa entrou no novo ano com 60 colaboradores e ambiciona fechar 2012 com uma equipa de pelo menos 110 profissionais. Um número que o diretor geral considera, por agora, suficiente para responder ao crescimento do negócio. “Este ano já recrutámos cerca de 40 novos colaboradores e temos no momento pelo menos 20 vagas em aberto”, explica João Lopes adiantando que as necessidades de recrutamento que a empresa tem vindo a sentir resultam da obtenção de novos contratos em Portugal, mas também do fornecimento de serviços da empresa para projetos internacionais na Europa e na América do Sul. Atualmente, a ATOS tem como objetivo reforçar a sua força tecnológica e está a recrutar para o seu negócio principal, as tecnologias de informação. “Procuramos candidatos com formação adequada a esta área, conhecimento de línguas e vontade de vencer com dedicação e profissionalismo”, revela João Lopes acrescentando que “os portugueses são excelentes profissionais quando devidamente enquadrados e formados”. Um processo de recrutamento que deverá estar concluído até ao final do corrente ano, mas que poderá não ser o único a abrir as portas da empresa a novos talentos. O diretor geral não fala para já na abertura de novas vagas, mas confirma que a empresa tem em permanência um conjunto de metodologias de deteção de talentos e ferramentas de recrutamento que suportam as necessidades de recrutamento para os diferentes projetos da empresa. Entre os requisitos fundamentais para integrar a equipa da tecnológica estão “muita orientação para o cliente, dedicação, profissionalismo, adesão à cultura de inovação e empreendedorismo”. As áreas da gestão de projetos, desenvolvimento de software e gestão de infra-estruturas informáticas são as que merecem maior atenção da ATOS em matéria de recrutamento. Talvez por isso a empresa tenha também como meta estreitar o seu relacionamento com as principais universidades nacionais, principais produtoras de talento. “Atualmente não estamos a admitir estagiários mas prevemos lançar um programa interno para as áreas de desenvolvimento de software”, adianta João Lopes explicando que “noutros países como Espanha ou França, desenvolvemos já projetos inovadores com universidades nacionais e europeias”. Com cerca de 74 mil colaboradores a nível mundial, uma faturação anual de 8,5 mil milhões de euros e um crescimento sustentado ao longo dos anos, a empresa tem vindo a liderar em várias áreas das TI. Em Portugal, face à situação económica, tem procurado incrementar os serviços dos colaboradores nas áreas de gestão de projetos, SAP e manutenção e desenvolvimento de software para projetos internacionais. Áreas que para João Lopes estão em crescimento e poderão levar a novas contratações em Portugal, a médio prazo.


OUTRAS NOTÍCIAS
Workshops para desempregados

Workshops para desempregados


O grupo Your está a lançar no mercado uma nova área de negócio, centrada na responsabilidade social. A empresa que reúne um conjunto de serviços de apoio à gestão das organizações - desde a contabilid...

Engenharia e saúde lideram ofertas

Engenharia e saúde lideram ofertas


A saúde, construção e indústria, imobiliário, comércio, franchising e vendas e banca, seguros e área financeira foram, em setembro, os sectores de atividade que mais oportunidades divulgaram através d...

Agência alemã recruta na UE

Agência alemã recruta na UE


A Agência Federal de Traalho Alemã está a criar um programa especial para simplificar o recrutamento de jovens oriundos de países da União Europeia (UE) por parte de empresas alemãs. O programa, anunc...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT BANKING SECTOR-PSA BANK

Spring Professional Portugal

ARCHITECT / PROJECT MANAGER

Michael Page Portugal

ASSISTANT ACCOUNTING CONTROLLER

Spring Professional Portugal