Notícias

Área das TI lidera nos salários

11.03.2005


  PARTILHAR



 

Fernanda Pedro


OS PROFISSIONAIS das Tecnologias de Informação (TI) que apostam na formação especializada durante o percurso profissional têm mais possibilidades de verem aumentar, de forma significativa, os seus salários.
Esta foi uma das principais conclusões do estudo salarial realizado pela «Certification Magazine» relativo ao ano de 2004.

O inquérito, efectuado a 35000 profissionais das novas tecnologias da informação, certificados em 27 áreas tecnológicas e oriundos de 160 países dos cinco continentes, revelou que a obtenção da certificação tecnológica em determinadas áreas, poderá ser o melhor meio para atingir uma excelente remuneração e uma longa carreira.

Relativamente aos países onde se obtêm salários mais elevados, a Suíça é líder. Neste país, um profissional daquela área poderá auferir anualmente cerca de 58.837 euros. Os Estados Unidos, em 2004, caíram para a terceira posição, com uma remuneração média anual de 48.778 euros. Portugal consegue o 20º lugar com 24.443 euros anuais. Em relação aos países europeus, o nosso país fica em 12º lugar.

O estudo referiu ainda que as principais apostas na certificação foram para as áreas de redes e sistemas, gestão de projectos e segurança. Um profissional sénior com esta certificação poderá obter um rendimento anual de 81.045 euros.

Apesar de os homens dominarem o sector, sendo que 90,3% dos inquiridos são do sexo masculino, as mulheres começam a marcar posição neste domínio. Em 2003 as mulheres auferiam cerca de 3,25% menos do que os homens, mas em 2004 verificou-se uma nova tendência: «as mulheres conseguem anualmente cerca de 770 euros a mais do que os seus companheiros de trabalho», revela o estudo.

Os números demonstram também que os inquiridos com idade superior a 49 anos são os que registam salários mais atractivos. As remunerações têm tendência efectiva para subirem por cada ano que um profissional permanece na mesma organização.

Em termos de especialização, destaca-se o design de sistemas e «storage» (armazenagem de informação) como as áreas mais bem pagas. Um especialista em design de sistemas poderá receber até 64.372 euros anuais, enquanto um profissional de «storage» poderá receber cerca de 62.422 euros anuais.

O inquérito revelou ainda que, cada vez mais, os empregadores parecem considerar a aposta na formação e certificação técnica como um investimento em mão-de-obra qualificada e não como um custo. Em 2004, 48% dos inquiridos declararam que as suas entidades patronais financiaram a formação e certificação, ao passo que em 2003 a percentagem era apenas de 5%.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


COMERCIAL - CONSTRUÇÃO CIVIL - ZONA NORTE

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal