Notícias

Aprender a trabalhar no Verão

19.08.2005


  PARTILHAR




Maribela Freitas

A CÂMARA Municipal de Vila Franca de Xira (CMVFX) está a desenvolver dois programas de ocupação de jovens. O objectivo destas acções é facilitar a inserção dos mais novos na vida activa, através de uma primeira experiência de trabalho.

O primeiro destes programas é de longa duração e vai na segunda edição. Dirigido a jovens do concelho que tenham entre os 18 e os 30 anos, o programa visa facilitar a sua inserção vida activa, facultando-lhes uma primeira experiência de ocupação de tempos livres em contexto real de trabalho e incentivando a sua participação em busca de oportunidades e perspectivas profissionais.

«Criámos este programa com o intuito de ocupar os jovens de uma forma mais prolongada, dando-lhes uma experiência de trabalho e também suprindo algumas necessidades que temos de mão-de-obra em determinadas áreas»,
explica Alberto Mesquita, vereador do pelouro da juventude, desporto, educação e equipamentos da CMVFX.

Os jovens são integrados em funções de apoio à comunidade sócio-educativa, em estabelecimentos de ensino do 1.º ciclo e jardins de infância da rede pública e em serviços da autarquia na área da juventude. A duração deste trabalho é de 11 meses (com início no próximo mês e término em Julho de 2006), o horário é de 20 horas semanais com a remuneração de três euros por hora. As inscrições para este programa estão já abertas e a organização espera superar os 15 participantes da primeira edição.

Além deste, a autarquia está a desenvolver outro programa de ocupação de tempos livres que termina agora em Agosto e envolveu 110 jovens. Durante o mínimo de duas semanas e o máximo de oito, jovens entre os 15 e os 25 anos trabalharam quatro horas diárias com uma remuneração de três euros por hora, em serviços da autarquia em áreas como cultura, património, espaços verdes, atendimento e secretarias.

«Este programa existe há cerca de quatro anos. Anualmente em Abril inquirimos os nossos serviços sobre se querem receber estes jovens e para que funções»
, explica Alberto Mesquita. Acrescenta ainda que esta iniciativa superou a expectativas e anualmente são muitos os jovens que ficam em lista de espera para frequentar esta acção.

«A ideia de começar com este programa foi a de ocupar os jovens durante o Verão, mas possibilitando-lhes uma experiência em contexto laboral», refere o vereador. As secções que recebem esta mão-de-obra disponibilizam um tutor para os acompanhar. Por seu lado, os jovens têm de cumprir regras de trabalho que vão desde a assiduidade, passando pela pontualidade, ética e trabalho em equipa.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT BANKING SECTOR-PSA BANK

Spring Professional Portugal

ARCHITECT / PROJECT MANAGER

Michael Page Portugal

ASSISTANT ACCOUNTING CONTROLLER

Spring Professional Portugal