Notícias

Academia de Golfe para executivos

O golfe pode revelar as competências profissionais de cada um.
07.12.2007


  PARTILHAR



Marisa Antunes

Chama-se ‘The Golf University’, surgiu muito recentemente em Portugal e pretende, através da prática do golfe, revelar nos participantes uma série de competências profissionais que fazem a diferença numa empresa que se pretende talhada para o sucesso. Pode uma partida de golfe conseguir salientar características-chave como capacidade de liderança, de gestão de conflitos ou de dinamização e motivação de equipas?

A empresa espanhola Training Lab, que trouxe o conceito para Portugal, acha que sim. Partindo de acções que podem durar de um a três dias, a organização especializada na formação de quadros directivos empresariais, aplica um método onde o terreno de jogo se converte numa espécie de laboratório de aprendizagem profissional. A liderança, tomada de decisões, «coaching» ou a dinâmica interpessoal, entre outras, são testadas, comprovadas (ou reprovadas) durante os exercícios.

Como explica Cláudia Alves, directora-geral da Training Lab Portugal, tudo começa com uma aula de formação sobre os modelos actuais das competências directivas mais relevantes. Depois, os alunos passam para o campo de golfe (habitualmente de 18 buracos) onde põem em prática o que aprenderam na aula, sendo transmitidos os conceitos que irão ser aplicados durante o dia.
“Apesar do golfe ser visto como um desporto individual, neste caso será jogado em equipas que em média poderão ter quatro elementos”, explica Cláudia Alves.

A partir das posições que cada elemento assume e a tomada de decisões durante o jogo é possível fazer uma transposição para o ambiente empresarial. “É analisado o que aconteceu ao nível de liderança situacional. É possível, por exemplo, descobrir quem gosta de orientar ou ser orientado, como se inter-relacionam as pessoas ou como são estabelecidos os objectivos e até que ponto se revelaram adequados ou não. Há, por exemplo, muita tendência a definir baixos objectivos para aqueles que nunca praticaram golfe e na maioria das vezes, os resultados superam muito as expectativas”, pormenorizou a responsável.

Durante o percurso de golfe, os participantes vão preenchendo diferentes cadernos de campo, que irão contribuir para melhorar a aprendizagem no âmbito das competências directivas. No final, pondera-se todas as situações e é possível fazer uma listagem do que correu bem, do que precisa ser melhorado e do que deve ser salientado.

Cláudia Alves adianta ainda que o «feed-back» das empresas portuguesas, especialmente das grandes, tem sido muito positivo, com destaque para as do sector da banca.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


COMERCIAL - CONSTRUÇÃO CIVIL - ZONA NORTE

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal