Notícias

A correr e a saltar

A Incitare faz questão de formar fora de portas, em contacto com a natureza
02.09.2005


  PARTILHAR




Marisa Antunes

CHAMA-SE Incitare e é uma empresa de consultoria especializada na detecção das disfunções que podem ocorrer numa empresa devido a falhas de comunicação e interacção entre os quadros superiores e subordinados. É na sua forma de actuação, através da «formação vivencial», que esta empresa se distingue, explica Ricardo Amoedo, administrador da empresa.

A formação vivencial assenta numa formação pedagógica que é dada fora do contexto da empresa, fora de uma sala, em contacto com a natureza, onde factores como o mistério e a ansiedade condicionam de forma diferente os comportamentos que os funcionários teriam se estivessem a actuar no seu ambiente profissional normal, pormenoriza o administrador.

Apesar de terem em comum o elemento natureza, a Incitare pretende diferenciar-se das empresas especializadas em «formação 'out door', mais viradas para o desporto de aventura e onde os exercícios não são acompanhados pela componente pedagógica», como faz questão de sublinhar o responsável pela empresa.

A primeira abordagem passa por determinar o chamado «diagnóstico» da situação que pode assentar em problemas de liderança, de estratégia, de relações entre chefias dos vários departamentos, entre outros. Feito o diagnóstico, parte-se para a elaboração de um plano de actividades, sempre feitas no exterior e devidamente acompanhadas por um ou mais dos cerca de 30 psicólogos comportamentais que colaboram com a Incitare.

A «rede de confiança», por exemplo, é um exercício que permite testar a capacidade de liderar e comunicar entre chefias e restantes trabalhadores, bem como o espírito de equipa. Consiste num percurso pedestre nocturno, em ambiente desconhecido para os participantes, onde se isola uma das pessoas do restante grupo e, a partir daí, esta deve orientar os colegas para determinado local unicamente através da comunicação via rádio.

Terminada a prova, os psicólogos que acompanham o grupo emitem um relatório onde fazem uma listagem dos pontos positivos e negativos, que será posteriormente estudado em conjunto com as empresas que contrataram os serviços de consultoria.

«As empresas portuguesas estão a ficar cada vez mais sensibilizadas para este tipo de formação onde através de exercícios lúdico-pedagógicos se consegue detectar os défices que existem no ambiente profissional», sublinha o administrador da Incitare.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


BIM MANAGER

Michael Page Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal