Notícias

500 novos empregos na Covilhã

500 novos empregos na Covilhã

O novo data center da PT na Covilhã, anunciado na passada semana, vai permitir a criação de 500 empregos tecnológicos na região
11.02.2011 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Na Covilhã vai nascer um dos maiores centros de dados e computação da Europa. A iniciativa é da Portugal Telecom (PT) que se propõe construir no local um data center com uma área de 45 mil metros quadrados e um potencial de criação de 500 novos postos de trabalho diretos e indiretos para profissionais da área das tecnologias.

O objetivo da nova infraestrutura, apresentada na passada semana por Zeinal Bava, presidente executivo da PT, é ampliar a capacidade de armazenamento e processamento de dados de empresas através da oferta de serviços de cloud computing em que as organizações se ligam através de banda larga a poderosos computadores remotos. A empresa quer com este investimento, posicionar-se entre os principais protagonistas europeus numa área de negócio com forte potencial de expansão. Trata-se de não perder um comboio que poderá trazer forte retorno. De acordo com a International Data Corporation, que analisa o mercado mundial das novas tecnologias, o investimento mundial em cloud computing vai triplicar até 2013 altura em que deverá atingir os 32,4 mil milhões de euros.

Segundo Zeinal Bava, o novo data center “terá dimensão, dimensão internacional em termos de vendas e terá um objetivo de sustentabilidade sempre presente em tudo o que vai ser construído”. Na verdade, segundo o presidente executivo da PT, a nova estrutura pretende ser uma referência mundial em matéria de eficiência energética. Prevê-se que em pleno funcionamento possa permitir uma poupança de 93 mil toneladas de CO2 e 40% de redução de consumo energético. O novo data center da PT contempla ainda a construção de um parque eólico em seu redor com 28 torres.

A decisão de construir este centro na Covilhã foi precedida de uma exaustiva análise. Foram detalhadamente avaliadas e estudadas 26 localidades distintas à luz de critérios como níveis de segurança sísmica, condições meteorológicas, impacto social, económico e ambiental da obra e acessibilidades. A Covilhã foi de todas zonas estudadas a que reuniu melhores condições para o arranque deste ambicioso projeto.

Com este investimento Portugal coloca-se assim na dianteira da tecnologia mundial. Devido às ameaças informáticas mais arrojadas e às limitações orçamentais, os centros de dados e os sistemas de cloud computing , são apontados como o grande desafio e aposta para os próximos anos.



OUTRAS NOTÍCIAS
Mulheres ganham terreno nos negócios

Mulheres ganham terreno nos negócios


O talento não tem género e o universo empresarial é disso um exemplo. O empreendedorismo feminino tem vindo a ganhar cada vez mais terreno no tecido económico nacional, est...

Mais perto do mercado

Mais perto do mercado


Estreitar a ligação entre os alunos e as empresas recrutadoras é a missão da ExpoCarreiras que já soma três edições. O evento, promovido anualmen...

Como fazer da net o seu melhor aliado?

Como fazer da net o seu melhor aliado?


O potencial da Internet enquanto aliado de quem procura emprego e de quem recruta está mais do que afirmado no mercado. Poucas são as empresas que não utilizam esta ferramenta par...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Advogado

Anónimo

Chemistry Teacher

St. Dominic’s International School

CYBERSECURITY ENGINEER

Michael Page Portugal