Notícias

"Mais do que a formação interessam-nos as pessoas"

Vanda Fernandes lidera há seis anos a gestão de Recursos Humanos do BNP Paribas Securities Services. A diretora de Recursos Humanos chegou à empresa ainda antes do início formal da operação nacional, com a missão de recrutar talento. Hoje já assegurou a contratação de mil profissionais e desenvolveu uma estratégia de ouro para detetar os melhores. Para a sua equipa, Vanda Fernandes escolhe não quem tem as melhores médias ou é licenciado em determinada área, mas sim quem tem aquela motivação que faz a diferença e ambição de crescer com a empresa.

17.04.2014 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Integrar a equipa do BNP Paribas Securities Services, a unidade do grupo BNP Paribas especializada na custódia e liquidação de títulos, foi até à data o maior desafio profissional de Vanda Fernandes. A diretora de Recursos Humanos da empresa foi recrutada seis meses antes do início das operações da marca em solo nacional, com a missão de preparar o processo de recrutamento, seleção e formação inicial da equipa que asseguraria a atividade do BNP Paribas em Portugal. Soma seis anos nessa missão e pelo seu crivo já passaram mil colaboradores de 20 nacionalidades distintas. Tantos quantos a empresa integra atualmente. Selecionar e contratar são missões que domina num cargo onde o grande desafio é gerir motivações e desempenhos.

“Trabalhar em Recursos Humanos traduz-se num constante ouvir, negociar, gerar consensos e servir o outro, sem deixar de manter o posicionamento do departamento nas alturas necessárias”. É assim que Vanda Fernandes resume a sua atividade e o posicionamento que tem adotado nos vários processos de contratação que tem liderado na empresa. Em 2012, o BNP Paribas Securities Services recrutou para a sua equipa mais de 200 colaboradores e em 2013 integrou mais 136. Para este ano, Vanda Fernandes  tem em mãos a missão de selecionar, integrar e formar 125 novos profissionais que se deverão juntar à equipa de mil que já integra a marca.

Na BNP Paribas o processo de recrutamento está permanentemente ativo e a diretora de RH é adepta de um modelo de seleção que lhe permite “ir validando candidatos com perfil ajustado e compor shortlists continuadamente”. Diversidade, seja na formação, nas competências ou até na nacionalidade, é a característica dominante numa empresa que integra perfis oriundos de 20 geografias distintas. “As áreas que integramos com maior frequência são a Gestão, Economia, Direito, Línguas, Relações Internacionais”, explica enfatizando que em Lisboa, o BNP Paribas tem colaboradores portugueses, franceses, italianos, espanhóis, entre outros. “Mais do que a idade ou a formação, interessam-nos as pessoas, as suas motivações e interesses para abraçar este desafio e crescerem connosco”, reforça.

A maioria das oportunidades de emprego que gera são para o Departamento de Operações, onde está concentrado o core business da empresa. Porém, explica a diretora, “considerando o crescimento sustentado da empresa, as ofertas poderão ser transversais a áreas como os Recursos Humanos, Marketing, Comunicação ou Gestão de Projetos”. Na missão de contratar os melhores a empresa trabalha lado-a-lado com escolas de referência e participa ativamente em feiras de emprego. Quando recruta, Vanda Fernandes valoriza nos candidatos a competência técnica, mas também a capacidade de trabalhar numa empresa com um ritmo de crescimento acelerado.

Vanda Fernandes
37 anos
Diretora de Recursos Humanos do BNP Paribas Securities Services Portugal


Formação:
É licenciada em Psicologia, ramo do Trabalho e das Organizações, pela Universidade de Coimbra e possui uma especialização em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Católica e o Curso Geral de Gestão, pela Universidade Nova.

Percurso:
Iniciou a carreira no Núcleo de Trabalho da Faculdade de Psicologia da Universidade de Coimbra, onde durante seis meses prestou suporte aos projetos de investigação académica em curso. Em 1999 integrou a equipa da EGOR, como consultora de recrutamento, onde permaneceu até receber o convite para integrar a Organtex. Em 2006 integrou o Departamento de Recursos Humanos da BIAL. É membro do BNP Paribas Securities Services desde 2007, como diretora de Recursos Humanos.

Desafio:
“Manter o equilíbrio entre gerir a dimensão da empresa e o crescimento constante do número de colaboradores, com a individualidade e a atenção dada a cada colaborador, necessárias num departamento de RH que pretende ser valorizado e fazer a diferença para os seus colaboradores”, explica.

Hóbis:
Leitura, desporto e viagens são os seus hóbis de eleição.



OUTRAS NOTÍCIAS
Marketing da nova geração

Marketing da nova geração


No Marketing como na Comunicação, o conteúdo tem vindo a ganhar um protagonismo crescente à medida que se expandem e desenvolvem as redes sociais e múltiplas platafo...

Como recrutam os head hunters

Como recrutam os head hunters


Quando uma organização contrata os serviços de uma consultora de head hunting ou executive search, tudo o que procura é que com relativa celeridade – porque a sucess&...

União Europeia reforça equipa de auditores

União Europeia reforça equipa de auditores


A União Europeia (UA) está a recrutar auditores para a sua equipa, entre os cidadãos dos diversos Estados-membro. O Serviço Europeu de Seleção de Pessoal (EPS...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ANALISTA DE SISTEMAS NAVISON

Spring Professional Portugal

CONSULTOR ERP

Spring Professional Portugal

CONSULTOR SAP LO/PP

Spring Professional Portugal