Notícias

“A formação é importante mas o potencial também”

“A formação é importante mas o potencial também”

Rute Courela é a diretora de Recursos Humanos da Vital Dent. Na empresa que ajuda a gerir, a humildade é um fator valorizado.
21.04.2011 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Iniciou o seu percurso profissional no ano 2000 na BP Gest 24, uma empresa detida pela BP Portugal. Tinha então 23 anos e acabara de sair da universidade com aquilo a que chama “uma licença para começar”. Aproveitou-a bem. Esteve seis anos na BP Gest 24 e quando saiu para aceitar outros desafios era já responsável de Recursos Humanos. Tinha a seu cargo 650 colaboradores distribuídos por 33 postos de abastecimento, lojas conveniência e áreas de serviço dispersas por Portugal continental. Hoje Rute lidera uma equipa de 600 pessoas na Vital Dent, onde é diretora de recursos humanos.

Não tem dúvidas de que este é o seu maior desafio profissional até à data e abraçou-o com a missão de “contribuir para consolidar e desenvolver a estrutura humana da Vital Dent, tendo por base uma cultura de elevada performance e orientação para a satisfação dos pacientes, respeitando os valores da marca e tendo uma postura ética e socialmente responsável”, explica. A empresa tem, segundo a sua diretora de RH, “uma estrutura etária de profissionais equilibrada, com preponderância no intervalo dos 35 aos 40 anos, com formação superior nas áreas comercial e de medicina dentária”.

São estas, de resto, as áreas onde a Vital Dent mais investe no que toca ao recrutamento. A empresa tem neste momento em curso vários processos de recrutamento nas áreas comerciais, medicina e gestão e direção de clínicas. “Até ao final do ano pensamos recrutar cerca de 50 novos colaboradores para a nossa equipa”, adianta Rute Courela. Energia positiva, orientação para a solução e resultados e muita, mas mesmo muita, vontade de desenvolverem, partilharem e contribuírem para os objetivos comuns são as características-chave para quem queira integrar esta equipa. Tudo sem deixar de lado uma formação de excelência. “A formação de base é muito importante, mas o potencial de cada um não é menos”, enfatiza Rute.

Na Vital Dent o recrutamento obedece a uma triagem sustentada nas ferramentas Web e na referenciação. Estas são, segundo Rute Courela, “as principais fontes de captação de talentos”. A líder dos recursos humanos da empresa explica que “o processo começa com um levantamento de competências, utilizando diversas metodologias e ferramentas desde entrevistas biográficas, de competências e dinâmicas de grupo”. A organização, refere Rute Courela, “trabalha numa lógica de pipe-line, o que implica procurar atrair a cada momento profissionais com elevado potencial que partilhem os nossos valores e sobretudo que sejam detentores dos ingredientes base: energia positiva, adaptabilidade e acreditar no projeto”.

Aos que enfrentam a difícil conjuntura atual com a necessidade de encontrar uma colocação no mercado de trabalho, a diretora de RH aconselha: “é precioso ter a consciência que procurar trabalho dá muito trabalho e é preciso estar recetivo a novas experiências, mesmo as que à partida lhe pareçam de baixo retorno para o seu desenvolvimento”. Humildade é um trunfo para qualquer empregador.

Rute Courela
33 anos
Diretora de Recursos Humanos da Vital Dent

Formação:
Licenciada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Lusófona
Família:
Solteira, sem filhos
Grande desafio:
A Vital Dent. Até ao final deste semestre, quer lançar a Vitaldent Academy na Web. A meta, diz Rute Courela é “dar a conhecer a nossa oferta de formação, dinamizando paralelamente os canais de e-Learning e b-Learning, numa primeira fase para a nossa rede de colaboradores e parceiros e, posteriormente, para o público em geral”.
Hóbis:
Não é praticante de desporto, mas já recebeu umas quantas medalhas pela prática de kart. Gosta de banda desenhada e tem coleções completas desde o Tintim ao Asterix, passando pelo Lucky Luck, Corto Maltese até à sua favorita: a Mafalta “pela irreverância e sentido de oportunidade”. Mas o seu hóbi favorito é mesmo colecionar réplicas de miniaturas de carros, especialmente clássicos e táxis. Tem aproximadamente 300.
Lema de vida:
Ser feliz, onde quer que esteja. “Poder chegar ao fim e saber que valeu a pena e acreditar que a vida tem momentos altos e outros baixos, mas não se pode deixar de ter brilho nos olhos, acreditar sempre e estar disponível para os outros”, enfatiza.
Maior valor de um candidato:
Iniciativa e energia, adaptabilidade e orientação para os resultados.
Princípio de Gestão:
OPEDC – Observar, Planear, Estruturar, Delegar e Controlar! “Assim garantimos que acontece. É o chamado fazer-fazer”, conclui.



OUTRAS NOTÍCIAS
Empresas combatem crise com colaboradores proativos

Empresas combatem crise com colaboradores proativos


Em cenário de adversidade, a proatividade e o empreendedorismo dos colaboradores fazem milagres pelo sucesso das organizações. Mas nem todos os empresários sabem conduzir o...

Associação quer incentivar estudantes lusos a investir no país

Associação quer incentivar estudantes lusos a investir no país


C hama-se Beta-i e tem como missão ajudar a aplicação de ideias de negócio em território nacional, assumindo-se como intermediária entre os criadores e os inv...

Empresas Europeias falham no fomento à liderança feminina

Empresas Europeias falham no fomento à liderança feminina


Cerca de 67% das empresas europeias inquiridas no Women's Leadership Development Survey , recentemente divulgado pela consultora Mercer, não possuem qualquer programa que assegure o acesso de m...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Advogado

Anónimo

Advogado

Anónimo

asesor económico/comercial

Embajada en Lisboa