Notícias

Portugueses vencem na McDonald's

24.10.2003


  PARTILHAR





Ana Bravo / Cátia Mateus / Fernanda Pedro

A multinacional americana premiou o mérito de quatro profissionais lusitanos


HÁ MUITO que se fala da ausência de quadros portugueses em lugares de topo a nível internacional. As razões são discutíveis, mas a regra não se pode generalizar.

Actualmente, Portugal tem pelo menos quatro profissionais nas instâncias decisoras da multinacional McDonald's. Quadros de sucesso "made in" Portugal.

Após seis anos de trabalho no departamento de comunicação da McDonald's Isabel Brito alcançou o patamar da internacionalização. Aos 31 anos, atravessou a fronteira para ocupar o cargo de membro do "Global Communications Council" da McDonald's.

Licenciada em Comunicação Empresarial pelo Instituto Superior de Comunicação Empresarial de Lisboa (ISCEM), com uma especialização em gestão de crise, Isabel Brito dá corpo ao protótipo da profissional que evolui com a empresa.

O seu desempenho na liderança do departamento de comunicação espelha esse crescimento. Foi já na sua coordenação que este núcleo foi considerado o melhor departamento de comunicação do grupo a nível europeu.

Em termos de carreira, encara a nova realidade como "uma oportunidade de ampliar a experiência em áreas até agora pouco exploradas e também uma fonte de enriquecimento pessoal pela troca de conhecimentos".

Sem pudores enuncia as características de um profissional com espírito internacional: "Sólidas competências técnicas, bom senso, auto-disciplina, rigor e humildade". Isabel Brito não esquece também a aposta na diferença. Isto porque "o mundo da comunicação empresarial é feito de detalhes", sublinha.

Mas para Mário Barbosa, director de "marketing" da McDonald's, uma progressão de carreira com sucesso depende do trabalho em equipa.

Um factor vital para que o seu desempenho tenha sido premiado com uma promoção a membro do "European Family Marketing Committe" como representante do Sul da Europa, tendo como responsabilidade a colaboração na definição das estratégias de "marketing" para o "target" famílias, na Europa.

Mário Barbosa conseguiu em apenas dois anos na empresa atingir um cargo internacional. Para tal contribuíu o galardão que recebeu da McDonald's em 2001, como President's Award, atribuído apenas a 1% dos funcionários da empresa em todo o mundo.

Com 33 anos de idade, aquele profissional considera que "existe uma filosofia do desempenho dentro da empresa. O trabalho de um empregado é reconhecido e isso é muito motivador para quem pretende progredir em termos profissionais".

Com uma licenciatura em gestão e administração de Empresas e um MBA em "marketing" da Universidade Católica Portuguesa, Mário Barbosa, reconhece que a formação é importante. "A especialização permitiu-me consolidar conhecimentos. Ela é fundamental para quem atinge cargos de responsabilidade", explica.

Já José Monteiro, de 41 anos, membro do European Equipment Team com responsabilidade na McDonal's Internacional na área de Equipamento para os países da Europa do Sul, a evolução da carreira caminhou antes para a generalização.

Com uma licenciatura em engenharia mecânica, José Monteiro desempenha mais a função de gestor do que a de técnico. É por isso que decidiu voltar à universidade e apostar num licenciatura em gestão.

O responsável tem no seu currículo várias multinacionais e se conseguiu atingir o cargo que hoje ocupa foi porque soube agarrar as oportunidades. "A rotina é o que mais me aborrece, o que me incentiva são os desafios e a McDonald's proporciona-nos isso", revela.

Para José Monteiro, a multinacional americana é uma empresa que possibilita trocas de experiências entre os vários países da Europa e os EUA. "Podemos trabalhar em Portugal mas ter projectos internacionais em território nacional. Isto é muito importante para quem tem família", salienta aquele responsável.

Confiante que no futuro irá alcançar outros níveis de responsabilidade dentro da empresa, José Monteiro admite que a sua promoção foi determinada pelo reconhecimento do seu trabalho, mesmo porque "os americanos têm por hábito recompensar o desempenho dos trabalhadores, uma política que na maioria das vezes não é aplicada em Portugal".

Para Joaquim Aleixo - Project Manager - a carreira seguiu a via internacional naturalmente. Depois de se licenciar em Estatística e Gestão da Informação, salta do estágio académico para o grupo CGD, como analista de sistemas.

Ao integrar a McDonald's Portugal, assume a função de supervisor do Departamento de Informação & Sistemas. A passagem para um papel de peso na estrutura internacional da empresa surge quando se torna Gestor de Projecto POSv5, para o sul da Europa.

Para o Project Manager, a chave para o bom desempenho numa carreira internacional é a "credibilidade no trabalho. Tem de haver um trabalho sério, com uma base sustentada". Saber "falar bem línguas, ter 'know-how' e saber gerir o tempo" são condições essenciais.

A formação "é importante" segundo Joaquim Aleixo. Consciente de que a qualificação é uma mais valia para o bom desempenho profissional, realizou um mestrado em gestão de informação nas organizações.

Ser português na estrutura internacional de uma grande companhia não lhe apresentou "dificuldades em especial. Pelo menos até agora". Para o gestor o fundamental é "ser-se bom no que se faz, independentemente de onde se estiver".

Receita para internacionalizar

ISABEL Brito, Mário Barbosa, José Monteiro e Joaquim Aleixo são quatro exemplos de profissionais portugueses que conseguiram triunfar e alcançar cargos de destaque internacional na McDonald's.

Eis alguns dos segredos com que construíram o seu sucesso:

- Assumir uma postura de determinação, rigor, bom senso, dedicação e humildade

- Apostar forte na formação contínua e solidificação de competências técnicas e conhecimentos

- Estar aberto a desafios

- Aperfeiçoar as competências linguísticas

- Saber gerir o tempo

- Sustentar o desempenho numa base de profissionalismo e competitividade

- Reconhecimento pela empresa da qualidade do trabalho desenvolvido

.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Área Jurídica

Assembleia da República

Business Development Assistant

ARC International Design Consultants