Notícias

PME forma licenciados desempregados

11.07.2003


  PARTILHAR






Fernanda Pedro

A PME PORTUGAL - Associação das Micro, Pequenas e Médias Empresas de Portugal acaba de lançar os cursos de formação para desempregados.


Esta é uma nova aposta daquela associação para 2003.
Depois de um estudo de mercado, a PME Portugal, verificou que a dificuldade na entrada no mercado de trabalho por parte dos licenciados e bacharéis tinha aumentado nestes últimos anos e que a formação adicional poderia constituir uma mais rápida inserção na vida activa.

Foi nesse sentido que desenvolveu para este ano uma nova componente à sua vasta oferta de formação: cursos dirigidos exclusivamente aos licenciados desempregados.

Segundo Liliana Correia, responsável pela formação da Mota Campos & Cunha, empresa que ministra os cursos, esta iniciativa tem superado todas as expectativas. "No curso de Higiene e Segurança no Trabalho, certificado pelo IDICT, para 12 vagas tivemos 50 inscrições", revela.

Mas para além desta formação, seguem-se outras, nomeadamente o curso de gestores de qualidade, o de especialização em gestão para juristas e humanistas, o de criadores de pequenos negócios e o de técnicos comerciais de venda.

A formação é co-financiada através de apoios comunitários dentro do programa "Intervenção Sectorial Desconcentrada do Emprego, Formação e Desenvolvimento Social". Decorre no horário laboral, estando prevista a bolsa de formação, o subsídio de alimentação, o seguro de acidentes pessoais e a atribuição de um certificado de formação.

Segundo Liliana Correia, se os jovens formandos nunca estiveram empregados, recebem 25% do salário mínimo nacional, se não for esse o caso, recebem uma bolsa equivalente ao salário mínimo.

Contudo, a necessidade constante de actualização e especialização de conhecimentos exige uma reciclagem laboral mais frequente. Para estes casos, a PME Portugal apresenta a formação dirigidos aos activos.

Os novos cursos para este segmento são os de técnicas de contabilidade para PME e o inglês e espanhol empresarial. Além destas inovações, o leque de ofertas é extenso, desdobrando-se pelas áreas do ambiente, qualidade e segurança; estratégia e finanças, "marketing" e vendas; informática e sistemas de informação.

Estes cursos são igualmente financiados pelo Fundo Social Europeu no âmbito do Programa Operacional de Emprego, Formação e Desenvolvimento Social (POEFDS).

Para Liliana Correia, a formação será, para os desempregados e para os profissionais no activo, sem sombra de dúvida "uma forma de alcançarem competências que os ajudarão a competir no mercado de trabalho". A PME Portugal, ciente dessa situação, tem procurado através da formação dar resposta à procura por parte dos trabalhadores.

Um exemplo desse sucesso são os resultados da última formação ministrada no ano passado. "O projecto de formação para mulheres desempregadas na óptica do empreendedorismo revelou-se um sucesso. Mais de 50% das formandas conseguiram criar o seu próprio negócio", remata aquela responsável.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Técnico Superior

Nova School of Business and Economics

.NET DEVELOPER

Kelly Services Portugal