Notícias

O novo 'anjo' dos negócios

O novo 'anjo' dos negócios

Há uma nova associação em Portugal dedicada ao apoio de projetos de empreendedorismo. A Net Mentora Lisboa financia com um montante até €30 mil, sem juros, novos negócios. Qual é a contrapartida? Que as novas empresas criem postos de trabalho.

12.03.2016 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



A rede Reseau Entreprendre, criada na década de 80 em França, e que soma já 113 associações em nove países, acaba de entrar em Portugal através de uma nova associação sem fins lucrativos vocacionada para o apoio a empreendedores, a Net Mentora Lisboa. A plataforma já está operacional e apoiará financeiramente, sem juros ou garantia bancária, novos projetos de iniciativa empresarial que sejam capazes de criar novos postos de trabalho. No primeiro ano de atividade, a Net Mentora Lisboa, deverá apoiar seis projetos empresariais com um montante máximo até €30 mil euros por projeto.

Durante três a cinco anos, os empreendedores contemplados com este apoio terão o acompanhamento de um mentor, um empresário experiente, que os apoiará na fase de lançamento e gestão quotidiana da empresa. Sandra Pinheiro Matos, diretora executiva da Net Mentora em Portugal, esclarece que noutros países, a taxa de sucesso dos projetos apoiados pela rede, após três anos de acompanhamento, é bastante elevada, com 92% das empresas a manterem-se em atividade. Perspetivas que, reconhece, são também um objetivo para a Net Mentora em Portugal. Recorde-se que em 2014, foram criadas em território nacional 35 mil empresas, mas ao fim de três anos a média de sobrevivência rondava apenas os 35%.

Esta taxa de mortalidade empresarial elevada foi um dos incentivos para a expansão da plataforma a Portugal, completando assim a lista de oito países onde a rede Reseau Entreprendre já operava: França, Bélgica, Espanha, Suíça, Itália, Tunísia, Marrocos e Chile. Segundo a diretora executiva da associação em Portugal, o objetivo é que depois deste ano de arranque, “a plataforma possa apoiar entre dez a 12 empreendedores por ano”, já a partir de 2017. Globalmente, a média de criação de postos de trabalho por cada projeto apoiado pela rede é de 12, num prazo de cinco anos. Criar emprego é, de resto, o requisito-chave para candidatar um projeto a apoio financeiro por parte da Net Mentora Portugal. “O apoio humano e financeiro está disponível a todos os empreendedores sem custo, para que todos os seus recursos sejam aplicados no projeto”, explica Sandra Pinheiro Matos.

Ao abrigo do programa, os membros das várias empresas que constituem a Net Mentora, reunirão mensalmente com os empreendedores para os apoiarem em todas as matérias relacionadas com a gestão quotidiana dos seus projetos. “O tempo dos empresários é doado a custo zero, como ação de responsabilidade social”, esclarece a responsável. A associação Net Mentora de Lisboa é gerida, tal como as suas congéneres, por um Comité de Pilotagem de dez elementos, todos eles ligados à atividade empresarial, a que preside Américo Ribeiro, diretor-geral do Grupo Auchan. Da estrutura nacional, que é apoiada por vários empresários e pela organização internacional Reseau Entreprendre, fazem parte nomes como Ricardo Machado (Altran), Álvaro Fernandéz (Michael Page), Célia Pinto (Axa), entre outros.

O carácter gratuito deste projeto é uma das suas características-âncora já que todo o apoio financeiro e de tutoria é disponibilizado sem custos. Contudo, a diretora-executiva da Net Mentora em Lisboa reconhece a relevância de existir uma reciprocidade neste projeto. “Os empreendedores apoiados são encorajados a fazerem parte da rede, de modo a apoiarem futuros empreendedores, tal como foram apoiados no seu projeto”, explica reconhecendo que “esta abordagem cria uma cadeia de ajuda mútua entre empresários e empreendedores”.



OUTRAS NOTÍCIAS
Nova IMS e SAP unidas na reconversão profissional

Nova IMS e SAP unidas na reconversão profissional


A meta é dar uma resposta eficaz aos desafios impostos pela velocidade da transformação nacional e internacional da economia digital. Para isso a tecnológica SAP, especiali...

Talent Seed atrai 30 para a Sumol+Compal

Talent Seed atrai 30 para a Sumol+Compal


Atrair jovens profissionais de elevado potencial para o contexto empresarial da Sumol+Compal é o objetivo âncora do novo programa de captação de talento “Talent Seed&r...

Vodafone à procura de licenciados

Vodafone à procura de licenciados


A Vodafone vai promover uma nova edição do Discover Vodafone Graduates, o programa que seleciona e integra jovens de elevado potencial nos quadros da empresa. Desde que foi criado, em 20...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Arquiteto

Anónimo

Colaborador

Anónimo

Comercial / Diretor(a) Comercial

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA