Notícias

KPMG prepara contratação de 75 mil colaboradores

KPMG prepara contratação de 75 mil colaboradores

A KPMG vai precisar de 75 mil recém-licenciados a nível global nos próximos três anos, para dar resposta à sua estratégia de crescimento. Auditoria, fiscalidade e consultoria são os principais perfis na mira da empresa que assume como estratégia aumentar o recrutamento junto das universidades. Portugal está também nesta rota de contratações.
08.12.2011 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Em três anos serão necessários 75 mil novos profissionais e a cinco anos o número aumenta para os 250 mil. A KPMG está a reforçar a sua estrutura para dar continuidade à sua missão de crescimento global e os próximos anos são de claro investimento no reforço dos recursos humanos da rede global de firmas-membro da empresa. Portugal não foge à regra. Apesar da conjuntura, José Portugal, partner da KPGM e responsável pela área de recursos humanos da empresa em território nacional, prevê que sejam contratados no país pelo menos 300 novos quadros para a empresa. E enfatiza: “não são estágios. São contratos sem termo, com o período experimental previsto pela lei”. A equipa da KPMG Portugal integra uma equipa de 720 colaboradores e todos os anos a firma recruta em média 100 novos colaboradores. Um número que tem mantido e que este ano, apesar da conjuntura adversa, até conseguiu superar. Tratam-se sobretudo de recém-licenciados, provenientes das melhores universidades do país, com perfis de destaque nas áreas-chave de atuação da empresa: auditoria, fiscalidade, economia, gestão, finanças. Integrada na estratégia de expansão global da empresa, também a firma nacional deverá reforçar as contratações nos próximos anos. Até 2014 deverão entrar na estrutura da empresa no mínimo mais 300 quadros. Até 2016 serão pelo menos 500. Números que contrastam com o cenário de adversidade, mas que para José Portugal espelham a solidez da empresa.“Dos novos quadros a recrutar, cerca de 60 a 70 por cento serão para a área de fiscalidade e auditoria e os restantes serão para a área de consultoria”, revela José Portugal. Para o partner da empresa “a KPMG é um criador líquido de emprego qualificado”. O líder garante que a firma contrata anualmente centenas de profissionais em todo o mundo mas também tem muita gente que sai da empresa no decurso da sua carreira. “São pessoas que saem de um emprego para outro que já têm garantido e isto consegue-se apenas porque a empresa é reconhecida no mercado pela sua exigência no recrutamento de quadros, pela formação de excelência que lhes confere e pela qualidade técnica dos seus colaboradores”, argumenta José Portugal. Razões que também levam inúmeros recém-licenciados a candidatarem-se todos os anos a um lugar nesta empresa que não contrata só jovens saídos das universidades, mas também profissionais mais experientes em áreas-chave do negócio. Num prazo de cinco anos, a rede global de firmas KPMG necessitará de cerca de 250 mil novos colaboradores e o reconhecimento de recém-licenciados representa, de facto, uma importante fatia das novas entradas na empresa, não só em Portugal como no mundo. A empresa privilegia a contratação ao estágio e celebra contratos sem termo com os novos colaboradores, contemplando o período experimenta previsto na lei. Os novos recrutamentos previstos, em Portugal e no mundo, serão transversais a todas as áreas de atuação da empresa: Audit, Tax, Advisory e Internal Firm Services. Mas para Alim Dhanji, KPMG’s Global Head of Resourcing, da firma a nível global, “o facto de a KPMG planear contratar um grande número de novos colaboradores não diz apenas respeito ao aumento do volume de colaboradores. O fundamental passa pela contratação de talentos de topo essenciais para o crescimento da empresa no presente e no futuro”. O responsável acrescenta ainda que “para atrair os melhores, oferecemos aos recém-licenciados a oportunidade de trabalhar lado a lado com profissionais talentosos em 150 países, resolvendo os complexos pedidos de clientes e fazendo a diferença em algumas das mais prestigiantes organizações”. Anualmente as firmas da KPMG espalhadas pelo mundo disponibilizam dez mil estágios, disponibilizando aos recém-licenciados a possibilidade de rotação global, graças ao Programa Interno de Estágios. A partir do momento em que os recém-licenciados são contratados, a empresa possibilita que o colaborador aceda a inúmeras oportunidades de carreira através do programa de mobilidade KPMG Global Opportunities que possibilita destacamentos profissionais de curto e longo prazo em diversas áreas do globo. Desde que foi criado em 2007, o programa já possibilitou a internacionalização de carreira de mais de oito mil quadros do universo KPMG. “A nível global estamos a assistir a um mercado laboral revitalizado com os estudantes a procurarem experiências internacionais. Algo que possibilitamos”, explica Alim Dhanji. A Ásia-Pacífico é uma das regiões com maior volume de negócio e um dos pilares da empresa a nível global, sendo por isso um foco importante na expansão da quota de mercado. Uma expansão para a qual também contribuiu o papel de Portugal e Angola. A KPMG contratou este ano 120 colaboradores para os escritórios de Lisboa, Porto, Funchal e Luanda (que está sob a gestão portuguesa), onde tem a ambição de crescer de forma sustentada tendo nos recursos humanos o seu principal ativo.


OUTRAS NOTÍCIAS
Hipers empregam três mil com aberturas ao domingo

Hipers empregam três mil com aberturas ao domingo


Luís Reis, presidente da Associação das Empresas de Distribuição (APED) garante que a abertura dos hipermercados nas tardes de domingo tem dinamizado o emprego no sector, numa altura vital para a econ...

“A fuga de cérebros acaba por lesar as empresas”

“A fuga de cérebros acaba por lesar as empresas”


A adversidade prevista para o próximo ano, não impedirá a SAFIRA de evoluir e prosseguir a sua estratégia de conquista de mercado. A empresa sabe que o sucesso de qualquer ...

Um negócio ao serviço dos mais novos

Um negócio ao serviço dos mais novos


André Albernaz Delgado tem 28 anos e é licenciado em educação especial e reabilitação e mestre em psicologia comunitária e proteção de me...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


BIM MANAGER

Michael Page Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal