Notícias

Europa mostra oportunidades no Porto

Europa mostra oportunidades no Porto

A cidade Invicta recebe na próxima semana a 9º edição portuguesa dos Dias Europeus do Emprego. O evento está pensado para todos os que ponderam apostar numa carreira internacional, com segurança. No recinto ou na plataforma online do evento estarão representadas várias empresas europeias com pelo menos 650 vagas para preencher.

25.10.2013 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Se pondera candidatar-se a um emprego no estrangeiro, procura informação sobre requisitos legais e condições de vida para trabalhar num determinado país da Europa e  gostaria de esclarecer todas as suas dúvidas diretamente com empregadores ou especialistas na matéria, então este evento é para si. O recinto da Exponor, em Leça da Palmeira (Porto), será durante dois dias - de 29 a 30 de outubro - a montra privilegiado das oportunidades de emprego na Europa. O local acolhe a 9ª edição nacional do evento Dias Europeus do Emprego, organizado conjuntamente pela rede EURES Portugal e o serviço público de emprego português, o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), com a missão de promover a mobilidade profissional em segurança, na Europa. Renovado e com uma forte aposta nas plataformas online, o evento reunirá empregadores conselheiros e muita informação para quem procura uma oportunidade de trabalho.

Para Ana Margarida Silva, membro da comissão orgaizadora do evento em Portugal, o certame é a maior feira de emprego internacional para candidatos portugueses que pretendam trabalhar no estrangeiro. A edição deste ano contará com uma novidade: a realização do evento em paralelo na plataforma online www.europeanjobdays onde, além de toda a informação sobre o programa dos Dias Europeus do Emprego, os candidatos podem assistir a todos os workshops e sessões de esclarecimento, recolher informação sobre as empresas presentes e as oportunidades que têm disponíveis, apresentar a sua candidatura e preparar a sua visita presencial ao certame até ao mais ínfimo detalhe.

A 9ª edição do certame nacional está, como as anteriores, pensada para candidatos que procuram um contacto direto com empregadores e peritos no mercado de trabalho dos vários países europeus para esclarecer as suas dúvidas e recolher informação, dando-lhes também a possibilidade de serem entrevistas no local ou online pelas empresas participantes. E são várias. “Presencialmente teremos este ano 25 empresas a recrutar e online estarão mais, mas o número não está ainda fechado”, explica Ana Margarida Silva. A responsável dá conta de 650 vagas disponíveis, assegurando que o número pode aumentar se até à abertura do certame se registarem mais empresas.

No local, os visitantes poderão encontrar recrutadores das áreas das Engenharias, Tecnologias de Informação, Saúde, Hotelaria e Restauração, Construção e Customer Service, com múltiplas oportunidades em aberto. “Além das sessões de recrutamento, os candidatos poderão também assistir a diversos workshops e sessões de aconselhamento, com os conselheiros europeus, sobre questões relacionadas com condições de vida e trabalho nos países participantes, bem como apresentações de mais de 50 empresas de vários sectores”, revela a especialista.

Com um horário de funcionamento entre as 11 e as 19 horas, nos Dias Europeus do Emprego estarão representados países como a Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, Holanda, Irlanda, Itália, Noruega, Reino Unido, Suécia, Suíça e França. “Algumas as empresas participarão com stands no local, onde haverá capacidade para realizar entrevistas de recrutamento presenciais (previamente agendadas através do site do evento) e outras participarão “online”, disponibilizando-se para contactos exploratórios com os candidatos, mas também para a possibilidade de agendamento de entrevistas “online” durante o evento, mediante candidatura prévia a ofertas em divulgação”, explica Ana Margarida Silva acrescentando que “haverá possibilidades de “chat” com os empregadores, em direto”.

Para participar neste evento onde se aguarda ainda a confirmação de algumas empresas portuguesas também, Ana Margarida Silva chama a atenção para obrigatoriedade de um pré-registo no site. “No dia do evento, os candidatos deverão apresentar-se no local com o código gerado nesse registo. É isto que garante o acesso ao recinto”. Depois, é preparar a visita ao pormenor, de modo a tirar o melhor partido possível da oportunidade de contactar diretamente com empregadores de topo de vários países da Europa e quem sabe, sair da Exponor com o tão ambicionado emprego.

Preparação prévia e cuidada da visita é fundamental
 Partindo do registo obrigatório no site www.europeanjobdays.eu, a participação no evento Dias Europeus do Emprego não pode, segundo Ana Margarida Silva, resumir-se a uma visita curiosa ao recinto. Para o elemento da organização, “preparação é tudo”. O primeiro passo que qualquer candidato a um emprego deve dar é conhecer o programa do evento e as empresas que nele vão estar representadas. A partir dai, há que perceber quais as ofertas disponíveis para o seu perfil.

Muitas das empresas presentes têm online disponíveis as suas ofertas suas, permitindo aos candidatos a apresentação da sua candidatura antes mesmo do evento. Ana Margarida Silva esclarece que “a partir daqui as empresas podem fazer uma pré-seleção dos candidatos e agendar logo uma entrevista de recrutamento no local do evento. Outras, estão disponíveis para conhecer os candidatos online, através de chat”. Delimitar bem quais os objetivos na participação do evento e as informações que quer alcançar pode facilitar bastante a organização da visita do candidato ao recinto.

Na edição deste ano, a EURES e o IEFP apostaram muito na componente online. A ideia é que a plataforma continue disponível à margem do evento, mas no decorrer dos Dias Europeus do Emprego, a sua função é determinante: “quisemos facilitar a participação a candidatos que não residem na região do Porto, permitindo-lhes participar no evento, sem terem de se deslocar ao local, ou deslocando-se apenas num dos dias”. Assim, através da plataforma, os candidatos podem contactar as empresas e os recrutadores, mas também assistir a todos os workshops e sessões de esclarecimento que se irão realizar no âmbito desta iniciativa.

Ana Margarida Silva aconselha ainda aos candidatos que visitem presencialmente o certame a deslocarem-se cedo, de modo a abordarem as empresas com tempo e a recolherem toda a informação, podendo ainda candidatarem-se a vagas disponíveis e realizar entrevistas no local. Pelo elevado número de workshops e apresentações previstas, ser seletivo nas escolhas é também determinante.



OUTRAS NOTÍCIAS
Boyden perspetiva dinâmica no recrutamento europeu

Boyden perspetiva dinâmica no recrutamento europeu


O recrutamento de gestores de topo está a aumentar nas empresas europeias e americanas, segundo o mais recente Boyden Executive Outlook, o estudo que avalia as perspetivas de contrataç&a...

Direito: os novos desafios da empregabilidade

Direito: os novos desafios da empregabilidade


Para a universidade é uma forma de aproximar a instituição e os seus estudantes do mercado de trabalho, para os alunos a montra ideal para conhecerem e se dar a conhecer às...

Talento nacional atrai Subsea 7

Talento nacional atrai Subsea 7


Trabalha essencialmente para a indústria de energia offshore e desde agosto que soma Portugal ao vasto leque de geografias onde detém operações em funcionamento. A escolha ...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTING QUALITY CONTROLLER

Spring Professional Portugal

ASSISTANT ACCOUNTING CONTROLLER

Spring Professional Portugal