Notícias

Aumenta o recrutamento nas vendas

Aumenta o recrutamento nas vendas

Em novembro, o Expresso Emprego somou 63.050 candidaturas para 525 ofertas. Números que espelham o cenário real do país.
01.12.2011 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Vendedores e demais profissionais ligados ao sector do comércio lideram este mês o ranking dos mais procurados pelas empresas anunciantes do Expresso Emprego. Ao contrário do que tem sido prática nos últimos meses, onde a engenharia, a banca e até o marketing têm liderado estas tabelas, novembro espelhou o retrato de um país a braços com uma difícil conjuntura económica que procura, a todo o custo, combater a tendência e as piores previsões para o futuro, revitalizando as suas forças de vendas. Em 525 ofertas divulgadas, 155 procuravam profissionais com perfis e formação na área das vendas.

A área comercial lidera, mas não deixa de lado outras funções que, nos últimos meses têm conseguido revelar uma certa dinâmica. Apesar dos profissionais da banca, seguros e área financeira terem sido, literalmente, empurrados para o sexto lugar desta tabela, contrastando com as posições cimeiras que assumiram no último trimestre, os engenheiros mantêm-se com boas oportunidades de carreira, sobretudo os engenheiros mecânicos que puderam concorrer a 71 ofertas de emprego divulgadas durante este mês e os engenheiros eletrotécnicos, com 56 ofertas. Logo a seguir estão os analistas e os gestores, com 54 e 51 ofertas cada um.

Numa análise sectorial, é a Construção e Indústria quem lidera nos novos empregos criados. Banca, Seguros e Área Financeira, mantém a liderança na análise por sectores, figurando no segundo lugar da tabela, logo seguido pela Saúde, Tecnologias de Informação, Comércio, Franchising e Vendas e, apesar do mau momento que travessa, também pelo sector Automóvel, que evidencia assim sinais de vontade de combater a crise e dinamizar as suas vendas. O menos dinâmico de todos os sectores é o dos Media, Entretenimento e e Comunicação.

Não obstante a ligeira quebra verificada no número de ofertas divulgadas na versão impressa e no site (menos 66 ofertas do que as publicadas em outubro), o Expresso Emprego registou uma subida significativa no número de respostas rececionadas: mais 5.085 candidaturas validadas, totalizando no final do mês 63.050 respostas para 525 ofertas. Neste período de tempo, o site expressoemprego.pt contava com 376.784 utilizadores registados e 313.286 currículos na sua base de dados, 11.342 dos quais foram atualizados em novembro.

As mulheres continuam a liderar como seguidoras do Expresso Emprego, sendo dominante a faixa etária dos 31 aos 40 anos, que soma 185.414 utilizadores das plataformas da marca. São maioritariamente seguidores possuidores de formação ao nível da licenciatura que encontram no Expresso Emprego não só uma plataforma de apoio à mudança laboral, mas também uma ferramenta útil na gestão da sua carreira.

Quem recruta mais*

O número de ofertas divulgadas pelo Expresso Emprego em novembro, sofreu uma ligeira quebra de 66 ofertas, mas um acréscimo de 5.085 candidaturas, quando comparado com o mês anterior. Os números espelham o retrato de um país que tenta minimizar os efeitos da crise. As empresas têm prudência nas novas contratações, mas não deixam de investir no fortalecimento das suas equipas, sobretudo nas áreas mais ligadas às vendas e às estruturas comerciais. Trata-se de reforçar a batalha pela conquista de novos clientes. O ranking dos maiores contratadores de novembro espelha esta tendência.

1º Toyota de Angola
2º Teleperformance
3º FUJITSU
4º Gatewit
5º MetLife
6º Remax
7º Activespace Techonologies
8º ERA EXPO
9º PwC
10º Soares da Costa


* Os dados deste ranking não incluem ofertas de trabalho anónimas ou veiculadas através das empresas especializadas em recrutamento e seleção.


OUTRAS NOTÍCIAS
Governo anuncia plano para o empreendedorismo

Governo anuncia plano para o empreendedorismo


Carlos Oliveira, o secretário de Estado para o Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, anunciou para este mês a apresentação do Programa Nacional para o Empreendedorismo e Inovação, pensando par...

Angola quer atrair de volta ao país os seus jovens quadros

Angola quer atrair de volta ao país os seus jovens quadros


Entre os que frequentam o ensino secundário e os do ensino superior, estima-se que em Portugal estudem neste momento cerca de 15 mil jovens angolanos. Um número que não tem confirmação oficial, mas qu...

Vantagem+ e PHC unidos na formação

Vantagem+ e PHC unidos na formação


A consultora de formação Vantagem+ e a PHC Software, fabricante nacional de aplicações de gestão acabam de firmar uma parceria tendo em vista a formação profissional de quadros. A Vantagem+ passará a ...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


AR ITALIANO

Experis Finance, Tax & Legal

CONTROLLER DE GESTÃO INDUSTRIAL

Spring Professional Portugal