Notícias

Auchan contrata trabalhadores

O Grupo Auchan vai criar até 2009 três mil novos empregos
22.12.2006


  PARTILHAR



Maribela Freitas

Até Abril do próximo ano o Grupo Auchan Portugal vai contratar 750 novos colaboradores e entre Maio e Julho serão admitidos mais 250. Estas “aquisições” surgem para colmatar as necessidades existentes em unidades/áreas de negócio em funcionamento e provir à abertura de novas. Mas as contratações não ficam por aqui, e até ao fim de 2009 o Grupo prevê criar cerca de 3000 postos de trabalho.

“Entre Setembro de 2006 e Abril de 2007 pretendemos recrutar cerca de 750 novos colaboradores, 45% dos quais serão integrados numa nova loja Jumbo e em novas áreas de negócio, 30% reforçarão os quadros dos hipermercados já existentes e os restantes (admitidos entre Setembro e Dezembro deste ano) destinam-se a um reforço sazonal”, explica Jorge Filipe, director de recursos humanos do Grupo Auchan Portugal. Os colaboradores que vão ser contratados entre Maio e Julho do próximo ano, vão integrar a nova loja Jumbo de Torres Vedras.

Para responder às suas necessidades laborais, o Grupo Auchan vai contratar quadros intermédios, médios e colaboradores de base (por exemplo operadores de caixa). O nível de habilitações exigido varia. Aos quadros o mínimo exigido é o 12º ano de escolaridade. A experiência profissional é valorizada, no entanto, Jorge Filipe adianta que, “a maioria dos candidatos são jovens recém-licenciados à procura do primeiro emprego. Entre Setembro e até ao final deste ano irão ser recrutados cerca de 90 estagiários”. No caso dos colaboradores base exige-se a escolaridade obrigatória.

Contudo e no que respeita ao perfil, “todos os candidatos tem de ter um perfil combativo, entusiasta, gosto de aprender e pelo risco, uma vez que as funções requerem um grau de autonomia e tomada de decisões elevadas. A nível de quadros também é factor preferencial a mobilidade nacional e internacional”, explica o director de recursos humanos do Grupo Auchan Portugal. Por norma, o Grupo executa acções de recrutamento anuais, dependendo o número de colaboradores a admitir dos projectos de abertura de novas lojas ou lançamento/desenvolvimento de novas actividades.

A procura é grande. “Para o nível de chefe de secção comercial recebemos em média entre mil a três mil candidaturas a nível nacional”, acrescenta Jorge Filipe. As perspectivas de progressão na carreira dentro do grupo são boas. Uma realidade só possível devido à “forte aposta na formação dos colaboradores e porque acreditamos que é através da evolução pela base que conseguimos fazer evoluir o profissionalismo das nossas equipas”, refere Jorge Filipe.

No próximo ano a multinacional vai iniciar uma experiência de formação internacional com o apoio da Embaixada de França. Estarão na Auchan França, durante nove meses, vários recém-licenciados nas áreas de gestão, economia e engenharia alimentar que depois serão integrados em Portugal.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Arquiteto

Anónimo

Colaborador

Anónimo

Comercial / Diretor(a) Comercial

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA