Notícias

A aposta na massa cinzenta

06.01.2006


  PARTILHAR



Vítor Andrade

ESQUEÇAM tudo o que ouviram sobre o plano tecnológico e sobre a sua força criadora de riqueza, empregos e valor acrescentado para o país. Esqueçam todas as promessas de grandes investimentos em formação nas áreas científicas e do conhecimento.

Lembrem-se apenas disto: os milhares de milhões que o Governo quer investir vão ser aplicados em massa cinzenta. Não, não é bem nessa, mas na outra, a do betão, que é da mesma cor. Mas nada mais que isso. As grandes obras públicas, está visto, são a prioridade do Governo. É com este tipo de investimento que Sócrates quer combater o desemprego e tentar chegar aos tais 150 mil empregos que prometeu ao país.

Puro engano. A maioria esmagadora do emprego (ou do trabalho, muito dele precário) que ali vai surgir será tomado por imigrantes dos países lusófonos e do Leste europeu. Muitos dos milhares de portugueses desempregados já não querem este tipo de trabalho. Fica por se saber o que é que José Sócrates irá fazer com eles.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Chemistry Teacher

St. Dominic’s International School

CONSULTOR DE RECURSOS HUMANOS - POMBAL

Kelly Services Portugal