Notícias

Quatro Patas: um projeto de amor pelos animais

Quatro Patas: um projeto de amor pelos animais

Dois mil contos bastaram para que, na década de noventa, Marisa Tavares desse forma a um projeto empresarial centrado nos animais. Estava longe de saber que anos mais tarde a marca Quatro Patas seria um pequeno império da especialidade.
21.10.2011 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Diz-se que o mercado dos produtos para animais também conhece a crise, mas a empresa criada em 1992 por Marisa Tavares parece contrariar esta realidade. O projeto já é sénior no mercado, mas a visão desta empreendedora apaixonada por animais, parece ter sido suficiente para criar em Portugal aquela que é hoje mais conhecida das marcas nacionais da especialidade.Na Quatro Patas o mundo é dos bichos e dos donos que os acarinham. Sob o lema “quem gosta cuida”, Marisa Tavares, a sócia-gerente da marca criou na década de noventa um negócio que viria a simbolizar o desbravar de um novo nicho mercado em Portugal. Pouco mais de dois mil contos (hoje dez mil euros) bastaram para que Marisa colocasse de pé um projeto que só este ano, em pleno contexto de crise, abriu quatro novas lojas em vários pontos do país. O segredo deste sucesso? “Muito amor pelos animais, trabalhar muito e honestamente”, enfatiza a empreendedora.

Quando começou Marisa Tavares estava sozinha no projeto, a partir de uma pequena loja junto à mítica gelataria Santinni, em Cascais. Na altura comercializava essencialmente rações e realizava já entregas ao domicílio, pois a diversidade de acessórios para animais ainda não era a que hoje conhecemos. Já então, o sucesso da marca foi tal que a empresária foi convidada a integrar a equipa de lojistas do lançamento do Cascais Shopping. Com tão grande crescimento e exigência, Marisa teve de garantir reforços e aquilo que era um negócio individual passou a familiar com a entrada do pai e dos três irmãos da empreendedora para o projeto.

Uma equipa de peso que soube responder com qualidade e rigor ao crescimento de uma empresa que num nicho de mercado muito específico. “Hoje, a marca Quatro Patas soma dez lojas e uma equipa de cerca de 32 colaboradores”, refere Sandra Lírio de Oliveira, irmã de Marisa, sócia da empresa e responsável pela área dos recursos humanos. No recrutamento de todos estes colaboradores há um requisito especial: amor pelos animais, muita dedicação e gosto de contacto com o público.

Aqui prestam-se todo o tipo de serviços a pensar nos animais e a inovação é um ponto dominante. A marca segue as mais recentes tendências internacionais de “moda animal”, disponibilizando aos seus clientes diversas tendências de acessórios, mas também há um cuidado especial com a alimentação, higiene e com o comércio de animais. A empresa trabalha com maiores referências nacionais de pet food e prefere fazer a ponte entre os clientes e os melhores criadores de cada raça, do que ter animais de grande porte em loja para vender. A adoção é outra das bandeiras das Quatro Patas, com elevada taxa de sucesso. Trata-se de retribuir em afeto e qualidade de vida o tanto que os animais dão aos seus donos. E talvez por isso, um dos pontos de honra desta equipa de sócios é que toda a atividade da empresa seja permanentemente supervisionada por um diretor clínico que assegura o bem-estar dos pequenos amigos de quatro patas.

BI Empresarial

Promotores:
Amândio Oliveira, 76 anos
Marisa Tavares, 45 anos
Sandra Lírio de Oliveira, 41 anos
Jorge Lírio de Oliveira, 43 anos
Rui Lírio de Oliveira, 36 anos

Área de atividade:
Comércio de produtos para animais.

Número de lojas:
Dez lojas espalhadas pelo país.

Data da criação:
1992.

Serviços:
Nas lojas da marca Quatro Patas é possível encontrar, além do comércio de produtos e rações para animais, um vasto leque de outros serviços como os banhos e tosquias, a entrega de rações ao domicílio, a adoção de animais e o comércio de animais de várias espécies, ainda que a política da empresa seja cada vez mais a de não ter animais expostos em loja, mas garantir aos clientes interessados a ligação com criadores de referência nacional. A Quatro Patas possui ainda centros de atendimento médico-veterinário e tem toda a sua atividade supervisionada por um diretor clínico.

Empregos criados:
32 colaboradores, entre os quais os sócios da empresa que trabalham nas lojas, em contacto com os clientes 365 dias por ano.

Investimento inicial:
Cerca de 10 a 15 mil euros, na altura ainda em contos.

Principais dificuldades:
A bucrocracia, na fase de lançamento do negócio. “Na altura era tudo muito mais complicado e demorámos um ano a conseguir que a empresa ficasse com o nome Quatro Patas”, revela Marisa Tavares.

Facebook:
www.facebook.com/quatropatas


OUTRAS NOTÍCIAS

"Não temos uma política de estágios, recrutamos"


Só este ano a consultora Deloitte já recrutou 250 novos quadros para as suas várias áreas de negócio, incluindo as necessárias para assegurar o funcionamento ...

Precariedade faz 'vítimas' entre os enfermeiros portugueses

Precariedade faz 'vítimas' entre os enfermeiros portugueses


A precariedade laboral já chegou à enfermagem. Segundo o estudo “Situação Profissional dos Jovens Enfermeiros em Portugal”, realizado pelo terceiro ano consecutivo, sob a coordenação de Raúl Fernandes...

Saúde e bem-estar em pós-graduação inovadora

Saúde e bem-estar em pós-graduação inovadora


A Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE) e o Grande Real Villa Itália Hotel & SPA, uniram-se para formar profissionais qualificados na área da saúde e bem-estar. Juntos deram forma ...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


FACILITIES MANAGER

Michael Page Portugal

FRONT END DEVELOPER

Adecco Recrutamento Especializado