Notícias

Comunicação para empresas

Comunicação para empresas

A Católica de Braga vai iniciar o Master em Comunicação Empresarial.
12.04.2012 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



A Faculdade de Filosofia da Universidade Católica de Braga prepara-se para dar início a um inovador curso, estruturado em parceria com a AIMINHO – Associação Empresarial do Minho e a AEP – Associação Empresarial de Portugal. O Master em Comunicação Empresarial arranca já este mês, direcionado para PME e jovens licenciados. Pensado para materializar no terreno a tão ambicionada ligação estreita entre o mundo universitário e as necessidades e aspirações das empresas, o novo Master em Comunicação Empresarial da Católica de Braga constitui, segundo a universidade, “uma forte e inspiradora referência para a comunicação empresarial ao mesmo tempo que promove uma ligação estreita entre a formação de nível universitário e a prática empresarial”. O programa representa, segundo a sua coordenadora, Luísa Magalhães, “uma inovação de ponta no que diz respeito às relações internas e uma mais-valia fundamental para as PMEs no sentido de as ajudar a corresponder às crescentes exigências do mercado”. A responsável acrescenta ainda que “ser titular desta graduação implicará uma forte consciencialização acerca das limitações existentes em cada empresa, bem como das correspondentes soluções e desenvolvimentos que o Master propõe” e não tem dúvidas de que o curso representará também um ganho competitivo relativamente ao desenvolvimento das soluções comunicativas que visam, acima de tudo, cumprir o sucesso e vencer o futuro. Flexibilidade é a principal característica do Master da Católica de Braga. O curso divide-se em vários módulos que podem ser frequentados individualmente. A formação total tem 330 horas, divididas por dez unidades curriculares, lideradas por 28 docentes, 18 dos quais empresários com grande experiência e reconhecimento nas suas áreas de intervenção. Oferecendo ambas as possibilidades - a de frequência integral e modular - o curso é também flexível em termos financeiros. “Os valores de propina são variáveis de acordo com os módulos e obedecem a protocolos estabelecidos previamente com as várias associações parceiras”, explica Luísa Magalhães. A frequência total do Master tem um custo de 3971 (que incluí também a candidatura e a matrícula). Já a frequência por módulos tem um custo que varia entre os 75 euros (para quatro horas) e os 400 euros (para 30 horas de módulos). As candidaturas decorrem até 15 de abril.


OUTRAS NOTÍCIAS
Vendas lideram recrutamento

Vendas lideram recrutamento


As vendas estão a liderar as ofertas de emprego. No último mês de março, em 594 ofertas divulgadas no universo Expresso Emprego - que inclui versão impressa e o site ...

Há 1,3 milhões de ofertas na rede EURES

Há 1,3 milhões de ofertas na rede EURES


O portal europeu de emprego Eures tem cerca de 1,3 milhões de ofertas de emprego disponíveis para todos os países do espaço europeu. A plataforma acessível atrav&eac...

ISLA forma em novos idiomas

ISLA forma em novos idiomas


O ISLA Campus Lisboa vai disponibilizar já este mês dois novos cursos de formação. A pensar na preparação dos estudantes para desafios profissionais futuros, a universidade do grupo Laureate Internati...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT BANKING SECTOR-PSA BANK

Spring Professional Portugal

ARCHITECT / PROJECT MANAGER

Michael Page Portugal

ASSISTANT ACCOUNTING CONTROLLER

Spring Professional Portugal