Notícias

Coimbra e Microsoft unidas no ensino

02.07.2004


  PARTILHAR




Cátia Mateus

A UNIVERSIDADE de Coimbra (UC) vai criar uma "academia Microsoft" onde serão ministrados cursos do currículo oficial da fabricante informática norte-americana e onde serão também certificadas competências.

A iniciativa decorre de uma parceria firmada entre a UC e a Microsoft que engloba ainda o desenvolvimento conjunto de projectos no domínio do ensino e investigação.

A parceria agrada a ambas as partes e quem lucra são os estudantes, em várias frentes. Com base na parceria estratégica agora anunciada - para a qual será elaborado um programa anual de actividades - a Microsoft poderá aproveitar a investigação, gerada no seio universitário, que utilize as suas plataformas.

Por sua vez, a UC conta, a partir de agora, com um parceiro de peso no desenvolvimento de novas experiências no domínio do ensino e investigação.

Na opinião de Pedro Saraiva, pró-reitor da UC, esta parceria deriva da "vontade da Microsoft se aproximar das universidades que demonstram ter potencial, dotando-as de melhores meios".

Para o responsável "é também a consolidação de uma estratégia de abertura ao exterior adoptada pela universidade". Pedro Saraiva adianta ainda que "esta é não só uma forma de criar elos de colaboração como também de reconhecer competências e acarinhar o trabalho dos investigadores" e salienta que "o Departamento de Engenharia Informática da UC tem vindo a realizar um trabalho de grande interesse em Portugal e no estrangeiro".

Além da Microsoft, o acordo envolve a empresa Critical Software - criada por antigos alunos da UC - que reúne importantes clientes internacionais como a NASA.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Técnico Superior

Nova School of Business and Economics

.NET DEVELOPER

Kelly Services Portugal