Notícias

“80% do sucesso é vontade de vencer”

“80% do sucesso é vontade de vencer”

Para resistir à conjuntura económica do país, as lojas tradicionais têm de inovar e manter motivadas as suas equipas. Esse é o grande desafio de Gabriela Magalhães, a diretora de recursos humanos da Sephora. A líder, gere os destinos de uma equipa de 250 pessoas em território nacional e garante que o mais importante é ter paixão e entusiasmo pelo que se faz.
19.10.2012 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Em Portugal, a marca de cosmética Sephora (do grupo LVMH Moet Henessy Louis Vuitton) soma 23 lojas e cerca de 250 colaboradores. Recursos humanos que Gabriela Magalhães gere, tendo sempre como factores-chave uma formação eficaz e uma motivação capaz de gerar resultados práticos efetivos. Até porque, para a diretora de recursos humanos da Sephora, “a grande missão é manter sempre as equipas motivadas. Elas são o meu cliente”. Gabriela Magalhães chegou à Sephora depois de um percurso na área administrativa. Formada em línguas, a diretora de RH integrou, em início de carreira, uma empresa do ramo automóvel e a multinacional de soluções para espaços de escritórios Regus Business Center. Foi aliás nesta última função que teve contacto com a Sephora, na altura instalada num dos espaços da Regus, e que recebeu o convite da empresa para liderar os destinos dos seus colaboradores. A empresa que ajuda a liderar assegura emprego a cerca de 250 colaboradores e tem em aberto permanentes processos de recrutamento, próprios de uma organização que opera na área do retalho e que já soma 23 unidades abertas ao público. Gabriela Magalhães reconhece que embora a empresa esteja neste momento em recrutamento ativo, a principal prioridade e aposta é “manter as pessoas que estão já connosco. A fidelidade delas para com a marca Sephora deve ser mantida”. E é nessa medida que a diretora de recursos humanos conduz uma política de gestão centrada nas pessoas, no seu bem-estar e na sua motivação. “Na Sephora estamos sempre a crescer. Somos uma empresa muito dinâmica que procura novas ferramentas para, por um lado, profissionalizar e fazer evoluir os seus recursos humanos, por outro, garantir aos seus clientes os produtos mais inovadores”, explica Gabriela Magalhães adiantando que “o objetivo é dar a cada colaborador a possibilidade de ir alcançando os seus objetivos a nível profissional, com a formação que isso implica”. Ter equipas fortes, bem formadas, motivadas e bem cientes do conceito da empresa, é a missão da Sephora que recruta essencialmente na área do retalho. “A função com maior número de colaboradores é conselheiro (a) de beleza (que podem ser homens ou mulheres), normalmente com idades entre os 25 e os 30 anos e formação na área da estética”, explica a DRH adiantando que a questão da experiência anterior em funções similares é pouco relevante porque “a empresa tem um forte programa de formação interna que permite uma rápida integração”. “Ter um sorriso, ser apaixonado pelo mundo da cosmética e ter vontade em proporcionar ao cliente momentos únicos de beleza e ver a Sephora como uma empresa onde é possível desenvolver uma carreira” são caraterísticas que Gabriela Magalhães considera imprescindíveis no momento de recrutar. Depois, acrescenta, “costumamos dizer na Sephora que 80% do sucesso é a vontade de vencer”. Daí que a sua receita seja “gostar do que se faz, ter determinação e garra, são fatores fundamentais para o gerar resultados e conseguir 100% de possibilidades de triunfar”. Gabriela Magalhães 38 anos Diretora de Recursos Humanos da Sephora Formação: É licenciada em Línguas (Inglês/ Alemão). Percurso: Iniciou a sua experiência profissional aos 19 anos quando, ainda estudante, decidiu trabalhar na Pizza Hut. Após a conclusão da licenciatura deixou Matosinhos, a sua terra natal, e rumou a Lisboa onde trabalhou como secretária numa empresa do ramo automóvel. Daí transitou para a equipa da Regus Business Center, um centro de soluções de escritórios. A Sephora surge como uma evolução natural no seu percurso. Desafio atual: “O meu objetivo é sempre manter as equipas motivadas pois são o meu ‘cliente’”, realça. Maior dificuldade: “Tendo em conta o contexto atual, é arranjar ferramentas que nos permitam manter o espírito positivo nas nossas equipas. Temos de ser criativos, empenhados e desenvolver mecânicas que motivem as equipas tanto na sede como nas lojas”, revela a diretora de recursos humanos. Número de colaboradores: 250 profissionais, em Portugal. Competências mais valorizadas: Foco no cliente, foco nos resultados, paixão e muito entusiasmo. Objetivos da empresa: “É um objetivo comum a todos: sermos o número um no mercado e os melhores”, sorri. Família: Casada, sem filhos Hóbis: As leituras são o hóbi a que dedica a maior parcela do seu tempo livre, mas gosta igualmente de fazer caminhadas, aproveitar o ar livre e passeios de kayak.


OUTRAS NOTÍCIAS
Deloitte lança plano de formação

Deloitte lança plano de formação


Chama-se Deloitte Executive Education e é o mais recente programa da consultora Deloitte. O plano de formação executiva está centrado num painel de temas técnicos que focam áreas como as finanças, fis...

MBA garantem emprego

MBA garantem emprego


Para as empresas há a convicção de que um conhecimento transversal do negócio e da sua gestão abre portas, aumenta as hipóteses de sucesso numa carreira internacional e até o nível salarial. Em nome d...

PIXAR procura candidatos para estágio

PIXAR procura candidatos para estágio


A empresa de animação PIXAR, responsável por filmes como o Toy Story, Os Incríveis, À Procura de Nemo e muitos outros, está à procura de jovens para estágios remunerados nos estúdios da empresa em Eme...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Marketing Nearshore

Körber Supply Chain PT S.A

PROCESS ENGINEER - VILA REAL

Michael Page Portugal